Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Soltura de fogos de artifício barulhentos em convenção do PSDB, com a presença de autor da lei que p


Virou polêmica nas redes sociais a soltar de fogos de artifício após a convenção que oficializou a chapa Daniel Alonso (PSDB) e Cícero do Ceasa (PL), na noite desta terça-feira (15) no Teatro Municipal de Marília.

Na convenção de Abelardo Camarinha (Podemos) e Paulo Alves (PP), sábado (12), também houve queima de fogos.

LEI INÚTIL

A diferença que gerou polêmica, na convenção do prefeito, foi que o candidato a vice dele, vereador Cícero, é autor de uma lei aprovada pela Câmara Municipal em maio do ano passado, que proíbe a soltura de rojões e fogos de artifício que provoquem "barulho" em Marília, sob pena de multa de R$ 500 para os infratores. A lei nunca foi respeitada, especialmente em dias de jogos do MAC e partidas de times grande pela televisão, além de feriados religiosos, como o Dia de Nossa Senhora de Aparecida (12 de Outubro).

Vídeo postado nas redes sociais

44 visualizações0 comentário