Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

OPERAÇÃO ALQUIMISTA: Estudante de medicina é condenada a 17 anos de cadeia e multa de quase R$ 800 m

Uma estudante de medicina mariliense presa em flagrante por tráfico de drogas em Adamantina, foi condenada a 17 anos de reclusão em regime fechado. Também terá que pagar R$ 783 mil em multas. Mariana Nóbrega Daher, de 24 anos, foi presa com outros dois estudantes pela Polícia Civil. A sentença, do juiz Carlos Gustavo Urquiza Scarazzato, permite que os condenados. Também forma sentenciados a estudante Thais Caroline Procópio Moura, a cumprir 22 anos e nove meses de reclusão e pagamento de mais de R$ 1 milhão em multas e Gabriel Lemos da Silveira, à pena de 16 anos e três meses de reclusão e pagamento de R$ 354 mil em multas.

OPERAÇÃO ALQUIMISTA

No dia 10 de maio de 2019, operação da Polícia Civil prendeu cinco estudantes de medicina por tráfico de drogas, em Adamantina. Outros quatro alunos também chegaram a ser detidos na ação por porte de drogas.

Em dois meses de investigação, a Polícia Civil apurou que durante algumas festas de universitários e outras abertas ao público em geral, eram comercializadas drogas sintéticas trazidas por alguns estudantes de medicina que abasteciam os usuários.

No processo de apuração, foi descoberto que uma festa seria regada a drogas e identificada a pessoa que levaria comprimidos de ecstasy para distribuição.

Buscas domiciliares foram cumpridas e nove estudantes detidos, dos quais, quatro foram presos em flagrante pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo dois homens e duas mulheres

Com eles a polícia localizou drogas sintéticas como LSD, ecstasy, MD e maconha. Outro rapaz, também estudante, foi preso por tráfico de drogas, apreendendo-se maconha em sua residência, mas sem conexão atual com os quatro primeiros presos.

Os outros quatro estudantes detidos foram autuados pela prática de porte de drogas e liberados conforme a legislação em vigor, pois possuíam drogas para consumo próprio.

Na residência de dois dos presos também foram encontradas estufas de plantio de maconha.

No total, foram apreendidas 370 gramas de maconha, uma pequena porção de haxixe, uma porção com cristais de MD, dois quadriculados de LSD, 62 comprimidos de ecstasy, além de outros objetos próprios para o tráfico e consumo de drogas, e um veículo utilizado para o transporte dos entorpecentes, segundo a polícia.



275 visualizações0 comentário