Buscar
  • JCNET

Cadeirante com pernas amputadas foi agredido antes de ser jogado de viaduto. Ele caiu no rio e morre


Conhecido por Seninha, o cadeirante Luiz Antonio Barreto morreu após ser jogado do viaduto da rua 13 de Maio, no Centro de Bauru, na manhã desta quinta-feira (29). Ele caiu no Rio Bauru, foi resgatado, passou por procedimento de reanimação, mas não resistiu.

De acordo com a Polícia Civil (PM), um morador de rua foi preso em flagrante acusado pelo homicídio. Ele foi visto por testemunhas empurrando por pelo menos dez quarteirões (desde a linha férrea) a cadeira de rodas da vítima, cujas duas pernas foram amputadas.

No trajeto, Seninha, que vendia doces na região central da cidade, era agredido com tapas, acrescenta a autoridade policial. Segundo ela, no viaduto João Simonetti, na rua 13 de Maio, o homem pegou a vítima no colo e a arremessou. A queda de elevada altura também foi acompanhada por populares. Alguns deles, inclusive, tentaram conter o acusado, que chegou a ser agredido fisicamente por conta da crueldade de seu ato, informa a Polícia Civil.

Mesmo assim, ele conseguiu fugir em direção à favela São Manuel, margeando a linha férrea. Mas foi localizado e preso pela Polícia Militar pouco tempo depois, sob outro viaduto existente na Avenida Nuno de Assis.

Enquanto isso, desconhecidos socorriam o cadeirante, que ficou inconsciente e sangrava muito, até a chegada do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acrescenta a polícia. Os socorristas tentaram reanimá-lo por muito tempo, mas não houve sucesso e o óbito foi confirmado no local.








83 visualizações0 comentário