Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

ELEITOR, FIQUE ATENTO! Leve máscara, caneta e documento com foto para votar, domingo


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou um passo a passo para os eleitores seguirem durante o processo de votação, no próximo domingo (15). Confira as dicas:


Eleitores devem ficar atentos aos protocolos sanitários na hora de votar


  1. Fique de frente para o mesário;

  2. Mostre seu documento oficial com foto;

  3. Confirme que é você;

  4. Guarde seu documento;

  5. Limpe as mãos com álcool em gel;

  6. Leve caneta para assinar caderno de votação;

  7. Se precisar do comprovante de votação, peça ao mesário;

  8. Dirija-se à cabine de votação;

  9. Digite os números dos seus candidatos;

  10. Na saída, higienize as mãos novamente.


JUSTIFICATIVA DE AUSÊNCIA

Como o voto é obrigatório no país, todo eleitor que não comparecer a sua zona eleitoral nas eleições municipais deste domingo (15), está igualmente obrigado a justificar a ausência, sob pena de ter suspensos diversos de seus direitos civis caso não regularize sua situação na Justiça Eleitoral.

Por isso, foi adicionada ao aplicativo e-Título uma funcionalidade que permite justificar a ausência por meio do sistema de georrefenciamento disponível nos aparelhos celulares. A função é capaz de identificar se o eleitor está de fato fora de seu domicílio eleitoral.

O e-Título pode ser baixado gratuitamente nas plataformas Google Play, para celulares que usam o sistema operacional Android e App Store, para usuários de iPhone

O primeiro turno das eleições municipais está marcado para 15 de novembro. O segundo turno, onde houver, ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação é sempre das 7h às 17h, no horário local.

FORA DOS LIMITES GEOGRÁFICOS

Uma das justificativas aceitas para não ter ido votar é se o eleitor comprovar que estava fora dos limites geográficos de seu domicílio eleitoral, no dia de votação. Neste ano, em função da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu facilitar esse tipo de comprovação.

A versão que trará o georreferenciamento, entretanto, ainda não foi disponibilizada pelo TSE. De acordo com o tribunal, isso será feito até 10 de novembro. Portanto, para ter acesso à ferramenta, quem já tem o programa instalado no celular deve ficar atento para atualizá-lo para a versão mais recente após a disponibilização do serviço.

A justificativa de ausência por meio de georreferenciamento pelo e-Título estará disponível somente no dia e no horário da votação. A justificativa por outras razões, como motivos de saúde, por exemplo, também poderá ser feita no aplicativo, mas somente depois da eleição, num prazo de 60 dias.

Em qualquer caso, o primeiro passo é baixar o e-Título e seguir o passo a passo mostrado na tela para realizar o cadastro na plataforma. Uma vez habilitado, para justificar a ausência no dia da votação o eleitor encontrará a opção no botão Mais opções, e depois em Justificativa de ausência. O procedimento deve ser feito para cada turno separadamente.

Uma das justificativas aceitas para não ter ido votar é se o eleitor comprovar que estava fora dos limites geográficos de seu domicílio eleitoral, no dia de votação. Neste ano, em função da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu facilitar esse tipo de comprovação.

Alternativas

Outros meios para fazer a justificação continuam disponíveis, como o preenchimento do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que pode ser baixado na página do TSE e estará disponível também em papel nos cartórios eleitorais. Pela internet, é possível ainda utilizar o sistema Justifica.



11 visualizações0 comentário