Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Renovação da Câmara de Marília forma bancada evangélica e o novato Jr. Féfin não receberá salário co


Igrejas evangélicas de Marília ajudaram a formar a nova "bancada evangélica" na Câmara Municipal. Quatro vereadores da nova legislatura (2021/2024) foram eleitos com bases nesses segmentos. Marcos Custódio (Podemos - reeleito para o terceiro mandato -, da Igreja Assembleia de Deus), Élio Ajeka (PP - Igreja Batista), Júnior da Batista (PL - mesma denominação) e Vânia Ramos (Repubicanos - Igreja Universal).

Foram reeleitos seis dos 13 atuais vereadores. Ressaltabdo que Mário Coraíni (PTB) desistiu da carreira aos 85 anos, Cícero do Ceasa (PL) saíu candidato a vice-prefeito e Maurício Roberto desistiu da campanha à reeleição.

Entre os novatos, está o agente da Polícia Rodoviária Federal, Júnior Féfin (PSL). Ele não receberá salário como vereador ( R$ 6,7 mil por mês), uma vez que a corporação não permite acúmulo de salários. Ele tem que optar por uma das fontes de renda. Mas já decidiu que vai ficar com o salário de agente federal.



1º – Rogerinho (PP), 2.864 votos

2º – Marcos Rezende (PSD), com 2.846 votos

3º – Evandro Galete (PSDB), 2.655 votos

4º – Elio Ajeka (PP), 2.359 votos

5º – Eduardo Nascimento (PSDB), 2.318 votos

6º – Marcos Custódio (Podemos), 2.130 votos

7º – Vania Ramos (Republicanos), 2.032 votos

8º – Prof.a Daniela (PL), 1.898 votos

8º – Luiz Nardi (Podemos)), 1.855 votos

10º – Jr. Moraes (PL), 1.847 votos

11º – Ivan Negrão (PSB), 1.606 votos

12º – Danilo da Saúde (PSB), 1.604 votos

13º – Agente Jr. Féfin (PSL), 1.586 votos


177 visualizações0 comentário