Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

35 ANOS DE CADEIA: Mais um envolvido em latrocínio contra dono de lotérica em Garça é condenado



Mais um envolvido no roubo à uma lotérica em Garça, no dia 11 de fevereiro de 2019, que resultou na morte do dono do estabelecimento, foi condenado. A juíza Renata Lima Ribeiro Raia, do Fórum de Garça, condenou José Carlos Carrelas, de 51 anos, a 35 anos de reclusão. A defesa do réu já impetrou recurso no TJ. Cartelas foi preso pela Polícia Civil em fevereiro deste ano. Outros dois envolvidos no crime, Wilson Novaes Guerra e Filipe Vieira da Silva, também foram presos. Wilson já foi julgado este ano e também pegou 35 anos de cadeia. Filipe deve cumprir 25 anos pelo crime.


Carrelas em imagem no dia do crime e ao ser preso


O CRIME

O latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu por volta das 14h. De acordo com o registro policial, Flávio José Vieira, proprietário de uma casa lotérica no Centro de Garça, seguiu de moto até as proximidades de uma agência bancária para depositar cerca de R$ 60 mil.

Assim que desceu do veículo, ainda de capacete, a vítima foi rendida por um homem armado, que exigiu que ela lhe entregasse o malote que carregava. O empresário reagiu e entrou em luta corporal com o assaltante. Durante a briga, ele caiu no chão e acabou sendo baleado na altura do tórax.

O acusado fugiu levando o dinheiro em uma moto conduzida por um comparsa. O crime foi registrado por câmeras de segurança de estabelecimentos na região. Vieira chegou a ser socorrido com vida e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos graves ferimentos. Três disparos foram efetuados.






293 visualizações0 comentário