top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

AÇÃO CRIMINOSA: Trote mobiliza Brigada de Incêndio e Bombeiros, em Pompeia


Um falso chamado na noite desta quarta-feira (26), em Pompeia (30 quilômetros de Marília), mobilizou a Brigada de Incêndio mantida pela Prefeitura daquela cidade e equipe do Corpo de Bombeiros de Marília.

O trote dava conta de um incêndio em residência na Rua Francisco Marques Beato, região central de Pompeia.

Com toda a movimentação no local, por volta das 21h, constatou-se o trote e um susto naquela região.

CRIME

Vale lembrar que falso chamado, ou trote como é conhecido, é crime previsto no artigo 340 do Código Penal. Se o caso for além e um inquérito policial para apurar a suposta ocorrência for instaurado, a pessoa pode passar a responder também pela situação prevista no artigo 339.

Confira situações que podem enquadrar trote como ato criminoso:

Art. 266 - Interromper ou perturbar serviço telegráfico, radiotelegráfico ou telefônico, impedir ou dificultar-lhe o restabelecimento. Pena: detenção de um a três anos e multa.

Art. 265 - Atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública. Pena: reclusão de um a cinco anos e multa.

Art. 340 - Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado. Pena: detenção de um a seis meses ou multa.

Art. 339. Dar causa a instauração de investigação policial ou de processo judicial contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente. Reclusão de dois a oito anos e multa.

É considerado ainda o Artigo 41 da Lei de Contravenções Penais, que fala sobre "provocar alarme, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto".




455 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page