top of page
Buscar
  • Adilson de Lucca

Ações solidárias do empresário Garcia da Hadassa ajudam a amenizar o sofrimento com enchentes no RS. Ele acompanhou pessoalmente o drama em várias cidades


Moradores e voluntários de resgates de Novo Hamburgo agradecem doações de um barco e dois caiaques pelo empresário Garcia da Hadassa

Quando a pessoa tem um coração bondoso, espírito de solidariedade e manifesta seu amor ao próximo, ela é assim em qualquer lugar onde esteja. Ou aonde vai!

Assim é o empresário Jean Garcia Baleche, o Garcia da Hadassa. Desde que escolheu Marília para residir com sua família e expandir os seus negócios, isso há mais de 12 anos, ele sempre realizou ações sociais de forma pessoal, através de suas empresas e também da igreja onde atua como gestor e pastor. Sua esposa, Cristiane, é seu braço direito também nesta área.

As ações sociais e solidárias de Garcia da Hadassa, tanto com pessoas como nas comunidades, nunca foram divulgadas publicamente. Até porque este nunca foi o objetivo dele e seus colaboradores.

Natural que todas as pessoas mantém laços afetivos com as regiões onde nascem, mesmo quando delas se mudam.

Natural de Tubarão (SC), na região Sul do país (onde há diversas franquias da Hadassa Viagens), Garcia acompanhou pessoalmente o drama com as súbitas e aterrorizantes enchentes no Estado do Rio Grande do Sul.

Ele não pensou duas vezes: iniciou uma campanha através da Hadassa Viagens (destinando parte dos lucros da empresa nos meses de maio e junho para apoio às vítimas do referido fenômeno natural) principalmente com arrecadações de cobertores. O intenso frio já começou na região sul do país.

O empresário Garcia da Hadasasa acompanhou in loco a devastação em cidades do RS

Garcia também adquiriu uma carga de cobertores e, com apoio de colaboradores do Grupo Hadassa, viajou para acompanhar pessoalmente as entregas em cidades do Rio Grande do Sul.

O empresário está lá com a equipe há cerca de uma semana. Vendo de perto o drama das famílias, ele fez a doação de um barco e dois caiaques para equipes de resgates de vítimas. Além de outras ações in loco.

Garcia deixou seus famíliares, seus intensos compromissos pessoais e de negócios e foi para o Rio Grande do Sul.

Deixou também seus compromissos políticos que estavam em ritmo acelerado por conta de sua pré-candidatura a prefeito de Marília.

Aliás, a questão política merece sim uma ênfase nesse contexto. Garcia ganhou notoriedade nesta ação social e humanista justamente por ser pré-candidato a prefeito de Marília.

Isso, de Marília! Não de nenhuma cidade do Rio Grande do Sul. Portanto, voltemos ao início do texto: Quando a pessoa tem um coração bondoso, espírito de solidariedade e manifesta seu amor ao próximo, ela é assim em qualquer lugar onde esteja. Ou aonde vai!

No mais, o cenário devastador de guerra, angústia, choros e sofrimento, pode ser visto nas imagens e vídeos que ilustram bem as ações e razões do ser humano Jean Garcia ter iniciado a campanha de ajuda e ido pessoalmente com sua equipe de colaboradores para o estado do sul afetado pelas enchentes.









43 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page