Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Acadêmicos do curso de Direito da Unimar aprendem sobre leis analisando letras de músicas sertanejas


Os acadêmicos do segundo termo do curso de Direito da Universidade de Marília (Unimar) participaram do Direitonejo, um projeto inovador que tem como objetivo apresentar conceitos jurídicos por meio de letras de músicas sertanejas, em que aprendem cantando. O Projeto faz parte da metodologia ativa do curso, que proporciona conhecimento de forma prática.

De acordo com o procurador da república e docente do curso de Direito da Unimar, Dr. Jefferson Aparecido Dias, o projeto estimula o aluno a conhecer e entender os conceitos jurídicos, por meio da música. “A ideia é fazer com que os alunos analisem as músicas sertanejas e encontrem nas letras os institutos jurídicos. É bem interessante, porque os alunos conseguem, além do aprendizado proposto, fazer uma análise da lei no tempo, uma vez que ele analisa institutos que no passado tinham um trato e no presente outro. Um exemplo clássico é o crime de adultério que no passado era crime e, atualmente, já não é punido”, explica.

O Direitonejo é um projeto desenvolvido pelos docentes Dr. Jefferson e Dr. Galdino Luiz Ramos Júnior com o objetivo de transformar o acadêmico no protagonista do seu aprendizado, uma vez que precisam escolher uma música que tenha algum instituto jurídico e fazer sua análise. “É muito gratificante trazer esta proposta, porque são alunos do segundo termo e muitos ainda nem estudaram estas leis, mas nesta busca ativa estudam e apresentam para a classe. Mais uma vez, uma sala de aula invertida, em que o aluno é o protagonista”, destaca o Dr. Jefferson.

Nota máxima em avaliação in loco pelo Ministério da Educação (MEC) e altas notas nos principais indicadores de qualidade do Ensino Superior, o curso de Direito da Unimar tem como característica o uso de metodologias ativas, que transformam o processo de aprendizagem do acadêmico, assim, estimulando à pesquisa e integração dos temas com outros elementos do cotidiano, como a música sertaneja e o samba.

Para o acadêmico Wellington Carreira a aula foi surpreendente. “Achei muito interessante o projeto do professor Jefferson, porque a música é uma manifestação de sentimento e, quando a gente amplia a análise e traz para o âmbito jurídico, fica muito interessante, porque a gente canta e decora, sem nem perceber que por trás a gente pode analisar de forma jurídica. Achei a aula muito interessante e proveitosa, porque a gente pode observar todos estes requisitos propostos e aprender com eles”, conta.

VESTIBULAR UNIMAR 2023

O Vestibular Unimar 2023 será realizado no dia 23 de outubro e está com inscrições abertas até o dia 19 de outubro, contando com cursos em todas as áreas do conhecimento. Na área de Humanas, um dos cursos ofertados é Direito. Faça já sua inscrição pelo site: http://unimar.br.

28 visualizações0 comentário