Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Alguns vereadores tomarão posse de forma virtual em Marília. Ivan Negão pegou Covid


Ivan Negão se preparou cabelo na régua e beca engomada, mas pegou Covid e tomará posse de forma virtual

A Câmara de Marília terá sessão virtual de posse de alguns vereadores eleitos. A opção virtual será facultada aos eleitos que apresentarem sintomas da Covid-19 ou que pertençam aos grupos de riscos da doença. Tomarão posse na manhã da próxima sexta-feira (1°), o prefeito reeleito Daniel Alonso (PSDB), o vice-prefeito, Cícero do Ceasa (PL) e os treze vereadores eleitos e reeleitos.

O presidente da Câmara, Marcos Rezende (PSD) está elaborando nesta quarta-feira (30) um decreto específico para autorização de posse pelo sistema virtual.

O vereador reeleito, Luiz Nardi (Podemos) disse ao JP que sua participação na sessão de posse será de forma remota. "Diante do atual quadro da Covid-19 e pelo meu perfil, prefiro a opção virtual", resumiu.

O vereador eleito Ivan Negão (PSB), que está com a Covid-19, também deverá participar de forma remota da sessão. O também eleito Élio Ajeka (PP), se recuperou dias atrás da doença, mas deve participar da sessão de posse de forma presencial.

A sessão, programada para as 10h do dia 1° de janeiro (sexta-feira), será presidida por Rogério Alexandre da Graça, o Rogerinho, vereador mais votado nas eleições de novembro, com transmissão ao vivo pela TV Câmara e outros canais do Legislativo.

No plenário da Câmara, será autorizado o acesso apenas dos eleitos e seus respectivos cônjuges, com os devidos protocolos de prevenção ao coronavírus. Nas galerias, apenas imprensa e público com distanciamento social. Após a posse dos eleitos, haverá a eleição para escolha do presidente da Câmara para o biênio 2021/2022.




700 visualizações0 comentário