top of page
Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Após adiamento eleitoreiro de Rodrigo Garcia, pedágios que cercam Marília terão novo aumento


Usuários da Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros/Rachid Rayes, SP-333, terão mais uma paulada com novo aumento de tarifas de pedágios a partir da meia noite desta sexta-feira (16). A cacetada nos bolsos inclui vários pedágios que cercam Marília.

A Concessionária Entrevias informou que o percentual de reajuste será de 11,73%. A nova paulada foi autorizada pelo governador do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB).

Na maior cara de pau, ele adiou o aumento das tarifas de pedágios em todas as rodovias do Estado, em julho passado, alegando que "seria impensável onerar a população em um momento de inflação e combustíveis altos".

Tudo balela e safadeza! Ele não aumentou os pedágios em julho por era candidato à reeleição. Se lascou e não passou nem do primeiro turno.

Esses aumentos de pedágios lascam quem usa rodovias e quem não usa já que os aumentos nos pedágios elevam os preços dos alimentos, remédios e todo o mercado.

Os tucanos Geraldo Alckmin, João Doria e Rodrigo Garcia ferraram Marília, cercando a cidade com pedágios com altas tarifas em todas as entradas e saídas.

NOVOS REAJUSTES

No pedágio da SP-333 (saída de Marília para Lins), a tarifa passará dos atuais R$ 9 de forma manual e R$ 8,55 na cobrança automática para R$ 10,10 ou R$ 9,59 (automática).

Motocicletas, que pagam R$ 4,50, passarão a ser assoladas com R$ 5. Caminhões de dois eixos, que hoje pagam R$ 18,10 no manual e R$ 17,19 no automático, terão que pagar R$ 20,20 ou R$ 19,19.

Já no pedágio na saída de Marília para Assis (SP-333 - próximo a Echaporã), automóveis que pagam R$ 6,30 no modo manual passarão a pagar R$ 7,10, e no pagamento automático passará de R$ 5,98 para R$ 6,74.

Motocicletas passarão dos atuais R$ 3,20 para R$ 3,50 e caminhões de dois eixos, que pagavam R$ 12,70 no manual, pagarão R$ 14,10 e de R$ 12,06 para R$ 13,39 no automático.





40 visualizações0 comentário
bottom of page