Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Após protestos e notificação, Mc Donalds de Bauru desmonta banheiro que misturava homens e mulheres


Após revolta popular pela medida com perfil comunista e notificação pela Prefeitura de Bauru, a unidade da rede Mac Donalds naquela cidade desmontou banheiro “multigênero” e fez mudanças nas indicações gráficas nas portas de seus sanitários. Segundo a rede de lanchonetes, a mudança foi adotada após a prefeitura da cidade notificar a empresa de supostas irregularidades.

Antes da mudança, havia nas portas, acima da inscrição “WC individual”, o desenho de três bonecos indicando a destinação para homens, mulheres ou pessoas que não se identificam com esses gêneros. Agora, há apenas o desenho de um boneco com a iconografia clássica de indicação para “masculino” ou “feminino”.

Em nota, o Mc Donald’s confirmou que a mudança foi motivada pela notificação imposta pela Prefeitura de Bauru no último dia 13 de novembro apontando “descumprimento de exigências do código sanitário da cidade”. Essa não é a primeira vez que o Mc Donald’s decide mudar o layout de seus sanitários após polêmica envolvendo o conceito de “multigênero”. Em setembro deste ano, uma unidade de São Roque (SP) fez mudança na placa de um banheiro que indicava a palavra "multigênero" após o caso repercutir em uma unidade recém-inaugurada.

Repercussão na web Na semana passada, um vídeo com críticas de uma moradora ao banheiro viralizou nas redes sociais. Na gravação, a mulher diz que a unidade do MC Donald's é comunista ao implantar banheiro "multigênero". O assunto se tornou um dos mais comentados do dia no Twitter "Eu não admito isso na minha cidade. Não quero usar banheiro com homem, sou contra isso. Eu não aceito. Quero que todos os vereadores de Bauru deem um jeito nisso. Cada cidade cuide da sua cidade, vigiem os banheiros públicos, de restaurantes. Quero que todos vigiem. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha", afirma.




149 visualizações0 comentário