Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Após revisão, 110 mil mulheres chefes de família vão receber auxílio emergencial


Após uma revisão de dados, o Ministério da Cidadania liberou o auxílio emergencial para mais de 110 mil mulheres chefes de família. Conforme o governo federal, nesta sexta-feira (6), elas receberão todas as parcelas de R$ 375 (maior cota) a que têm direito, em uma única transferência nas contas sociais digitais.

Para as mulheres que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos serão realizados dentro do calendário regular do programa. De acordo com o ministério, outros 27 mil cadastros de mulheres chefes de família estão em processamento.

Para consultar se você foi uma das mulheres contempladas com o desbloqueio do benefício após a revisão dos dados basta clicar aqui.

As pessoas com o benefício desbloqueado recebem todas as parcelas a que têm direito de forma retroativa.

O benefício é pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250, exceção às mulheres chefes de família (criam os filhos sozinhas), que recebem R$ 375, e os indivíduos que moram sozinhos (família unipessoal), que recebem R$ 150.

Os pagamentos do auxílio emergencial passam mensalmente por uma fase de reverificação dos requisitos de elegibilidade. Esse procedimento, conhecido como revisão mensal, visa garantir que o benefício chegue exclusivamente aos cidadãos de menor renda. No total, 600 mil pessoas já tiveram o benefício suspenso por inconformidades.




29 visualizações0 comentário