Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Apae de Marília retoma aulas com rodízio e ensino híbrido


A Apae (Associação de Pais e Alunos de Excepcionais) de Marília retoma na próxima semana, dia 9, as atividades presenciais com alunos e divulgou um vídeo para celebrar a retomada das aulas.

Segundo a diretora pedagógica da Apae, Renata Sândalo, a retomada será feita com sistema de rodízio, protocolo de segurança e ensino híbrido para manter atividades remotas a alguns dos atendidos.

“Muitos alunos são grupo de risco, e todos dependem de apoio bem individual e para atender esses alunos. Contamos com sete auxiliares de desenvolvimento escolar que atuam na alimentação, vestuário e acesso a banheiros, mas as famílias podem fazer a opção pelo ensino remoto”, explicou.

Nestes casos, o ensino remoto será mantido com videoaulas e atividades impressas. Famílias em casos especiais que não podem retirar o material recebem em residência.

A escola tem perto de 200 alunos e o retorno terá média de 120 alunos em atividades presenciais.

Dedicação, amor e carinho da diretoria, professores e equipe da Apae Marília


A retomada é acompanhada pela entrega de diversas benfeitorias promovidas durante a pandemia que incluem instalação da sala de informática, reforma do playground, reforma e ampliação de banheiros, melhoria do piso e outras iniciativas de reforço à acessibilidade.

O presidente da entidade, Marcos Antonio Carchedi, destaca que os avanços só foram possíveis pelo apoio da diretoria, funcionários, pais de alunos e da comunidade. "A Apae tem muito a agradecer por todo o apoio e o que tentamos fazer é retribuir com melhorias, com dedicação e com atendimento de qualidade para estes alunos, para os serviços de saúde, de inclusão. Vamos retomar com segurança e foco na essência da Apae que é atender e transformar vidas para alunos, suas famílias e especialmente para nossas equipes."

Os protocolos de segurança seguem regras do governo do Estado e orientações do Conselho Nacional dos Secretários de Educação. Veja abaixo os principais dados da retomada


- Distância mínima de um metro entre as pessoas


- 24 salas de aulas


- 13 salas pela manhã e 11 à tarde


- 35 professores


- Rodízio será definido por capacidade de cada sala


- Famílias que preferem esperar a segunda dose da vacina vão poder manter alunos ensino remoto.




15 visualizações0 comentário