top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Avô é preso após estuprar 3 netas e idoso vai pra cadeia por estuprar menina de 11 anos, na região


Um homem de 56 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (26) após estuprar três netas em Iacanga. As vítimas têm entre 7 e 9 anos.

Segundo o boletim de ocorrência, os abusos eram frequentes e a última vez ocorreu no domingo (22).

A denúncia à polícia veio após a mãe de uma das crianças e nora do acusado ter se espantado com um apelo feito pela filha. Conforme o relato, o suspeito estaria com a mão dentro dos shorts de uma de suas netas, quando a criança teria gritado para que o avô parasse. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Roberto Medeiros, o fato foi comunicado à Polícia Civil e o homem teve a prisão temporária decretada. O prazo é de 30 dias, sendo prorrogáveis por mais 30. Ele foi encaminhado à cadeia pública de Espírito Santo do Turvo e permanecerá à disposição da Justiça.

IDOSO ESTUPROU CRIANÇA DE 11 ANOS

Um idoso de 65 anos foi preso nesta quinta-feira (26) pela Polícia Civil, em Avaí, por estuprar uma criança, de 11 anos. O crime foi registrado no dia 18 de janeiro, mas a prisão ocorreu ontem.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Gustavo Bertho Zimiani, a polícia investigava o idoso, já que ele se aproximava da vítima e de outras crianças havia algum tempo. O suspeito, então, passou a oferecer a elas dinheiro e a convidá-las para entrar na casa dele. De acordo com o delegado, a vítima relatou à polícia que foi ameaçada pelo idoso para entrar na casa. No local, o suspeito teria abaixado a calcinha da menina e a estuprado. Depois, o idoso ainda ofereceu R$ 5 à criança. Ainda conforme o delegado, a mãe procurou a PM no dia do crime. Com base nisso, os policiais registraram o B.O na quarta-feira (24) e ouviram o depoimento da mulher. No dia seguinte, foi emitido o mandato de prisão contra o idoso, cumprido nesta quinta. O indivíduo deve passar por audiência de custódia nesta sexta-feira (27). Independentemente do resultado, o idoso permanecerá preso por 30 dias, prazo que pode ser prorrogado por mais 30 dias, se necessário.





212 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page