Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

"BONDE DAS CASINHAS": DISE prende adolescente com dinheiro e drogas de "grife" na zona norte


Agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Marília, prenderam um adolescente de 17 anos em flagrante uma pessoa em uma “biqueira” localizada na Rua Fabiano Rodrigues da Silva esquina com a Rua Eulália da Silva Tedeschi, bairro Leonel Brizola, zona norte da cidade.

Após a referida prisão, os policiais receberam informações de que outra pessoa havia assumido a venda de droga na mencionada “biqueira”, quando então, em diligências pelo local, avistaram uma pessoa em atitudes indicativas de que estava praticando o mencionado crime, inclusive viram quando o mesmo se abaixou em um monte de areia e ali enterrou uma sacola de cor azul.

Diante dos fatos os policiais realizaram a abordagem, não tendo ele oportunidade para fuga.

No bolso da calça do acusado, durante revista pessoal, foi encontrada uma porção de maconha, tipo bananinha, envolta em plástico transparente, contendo a inscrição “bonde das casinhas”, bem como a importância de R$ 2,00 e também um aparelho de celular da marca Iphone, modelo A1661, cor branca.

Em diligências no monte de areia os policiais encontraram enterrada a mencionada sacola de cor azul contendo em seu interior: um “tijolinho” de maconha envolto em plástico filme transparente juntamente com papel seda; oito porções de maconha, tipo bananinha, envoltas em plástico filme transparente, sendo que sete delas continham adesivo com a inscrição “bonde das casinhas”; vinte e cinco porções pequenas de maconha envoltas em plástico filme transparente, sendo que vinte e uma delas também continham o adesivo com a inscrição “bonde das casinhas”.

Questionado, o adolescente confirmou que referida droga realmente era sua e pretendia vendê-la porque estava precisando de R$ 100,00. Durante diligências na residência do adolescente, devidamente autorizada por sua genitora, os policiais encontraram sobre uma cômoda, no interior de seu quarto, R$ 135,00 em dinheiro, tendo ele dito que referido valor era o lucro da droga que ele havia vendido na data de ontem, no período da tarde.

Diante dos fatos, não havendo qualquer dúvida de que ele estava vendendo entorpecentes no local, os policiais deram voz de apreensão ao adolescente, o qual foi conduzido à CPJ para as providências cabíveis, onde foi apreendido pela prática de ato infracional, permanecesse recolhido em local adequado da carceragem da CPJ de Marília, para apreciação pela Curadoria da Infância e Juventude.



57 visualizações0 comentário