top of page
Buscar
  • Adilson de Lucca

Burcão atribui exoneração da Prefeitura à pressão de vereadores. "Política nojenta", afirmou


O assessor do gabinete da secretaria municipal de Obras Públicas, Guilherme Fernandes dos Reis, o Burcão, foi exonerado do cargo comissionado na Prefeitura. Portaria nesse sentido foi publicada na edição do Diário Oficial do Município desta quarta-feira (18).

Ele, que estava há pouco mais de uma ano e sete meses no cargo, afirma que a exoneração ocorreu após pressão de vereadores. "Me chamaram no gabinete ontem e me falaram da pressão dos vereadores. Eu já vinha sofrendo várias ameaças nos últimos tempos com eles (vereadores) falando, vamos te derrubar, vamos te derrubar. Eu não entendi o por que do derrubar deles, porque eu estava atendendo a população. Foi uma surpresa, porque achei que não ia chegar nesse ponto", disse Burcão.

O ex-comissionado disse que vereadores alegaram que ele estava usando a máquina para se promover. "Não é isso. Eu usei a máquina para trabalhar pela população, devolvendo que a população o que ela paga de impostos", explicou. Ele foi candidato a vereador em 2020 pelo PL e obteve cerca de 1.310 votos.

Outra questão apontada por Burcão foi a festa do dia da crianças que ele fez este mês, reunindo centenas de pessoas principalmente em sua base, Vila Barros, na zona norte e em alguns distritos da cidade, com distribuição de brinquedos, sorteios de prêmios e cestas básicas.

"Isso eu faço há mais de dez anos, sem recursos, com ajuda de voluntários. Hoje a Prefeitura ajuda porque a gente luta através do direito nosso".

Burcão disse ainda que vereadores pressionaram o prefeito para sua exoneração. "Se isso não ocorresse, eles iriam se voltar contra o prefeito".

O ex-comissionado apontou que os vereadores que "pediram cabeça dele" foram Rogerinho, professora Daniela, Marcos Rezende e Luiz Nardi. "O Rogerinho até zombou de mim, me chamando de engenheiro", comentou.

Atribuiu isso ao fato dele ter coordenado reformas no Estádio Varzeano Pedro Sola. "Uma empresa pediu R$ 10 milhões para fazer os serviços. Eu enchi uma kombi de reeducando, fomos lá e fizemos o possível. Hoje a mudança é visível pelo que fizemos lá em três meses", disse Burcão.

Ele resumiu toda a situação em uma frase. "A política chega a ser nojenta".

COMUNICADO DE BURCÃO NO FACEBOOK

"Hoje venho comunicar com grande pesar o MEU DESLIGAMENTO da Prefeitura de Marília.

Agradeço a oportunidade que me deram para representar a população mais carente e ser o elo entre a população e a prefeitura de Marília e também agradecer ao Secretario Fabio e todos funcionários da secretaria de obras que me deram total apoio e suporte nesses 1 ano e 7 meses de muito trabalho.

Fiz muitas amizades com os funcionários públicos e conheci a total REALIDADE das secretarias , e aprendi como a máquina FUNCIONA!

Foi uma experiência incrivel, aonde consegui realizar muitos trabalhos a frente da Secretaria de Obras e realizar muitos sonhos da população de Marília.

Hoje encerra APENAS esse ciclo, que NÃO foi da minha vontade!

Todos os dias sai da minha casa com o único objetivo, lutar por todos nós de Marília, honrei cada centavo do meu salário HONESTO, me dedicando para uma cidade digna e melhor!

MAS fiquem tranquilos eu NÃO vou parar, continuarei lutando e trabalhando de VERDADE por vocês!

Jamais vamos desistir! Abraços

Equipe Guilherme Bks Burcão"



739 visualizações1 comentário

1 Comment


Jaqueline Breda
Jaqueline Breda
Oct 18, 2023

Estão zombando da cara da população né?! É isso mesmo?! Exonerar o Guilherme é mostrar que não querem ninguém trabalhando em prol do que deve ser trabalhado, que é exatamente em prol do povo?!

Like
bottom of page