Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Câmara de Marília anuncia construção de novo prédio em local onde seria a sede da Policia Federal


O presidente da Câmara de Marília, Marcos Rezende (PSD), fará uma coletiva de imprensa no final da manhã desta sexta-feira (19), para falar sobre o novo prédio para o Legislativo. O terreno já está definido: uma ampla área no final da Rua Tomás Mascaro (em frente o Instituto dos Olhos de Marília). A área é de propriedade do Município. Edital para interessados na construção do prédio será publicado no Diário Oficial do Município.

"A Câmara não vai gastar um centavo com a construção do novo prédio", disse o presidente da Câmara, Marcos Rezende (PSD) ao JP. O empreendedor que construir o prédio, após projeto obedecendo critérios exigidos pelo Legislativo, deverá alugar o espaço (após a conclusão das obras) para ocupação da nova sede. O prazo de aluguel, bem como o respectivo valor, será definido em propostas apresentadas em pregão presencial.

"Esta modalidade "built to suit" ( "construído para servir") vem sendo adotada em todo o país com maior frequência nas obras públicas, inclusive pelo Ministério Público e Tribunais de Justiça", explicou Rezende. "Acredito que o novo prédio deverá estar pronto no próximo ano", previu.

Ele afirmou que o atual prédio da Câmara (originalmente o primeiro andar da Prefeitura edificado no início da década de 50 e cedido ao Legislativo) no Paço Municipal, está obsoleto e há muito tempo não atende as necessidades físicas do Legislativo. "Nem estacionamento tem", observou.

O presidente afirmou também que a construção do novo prédio terá setores pré-definidos, como administração, gabinetes dos vereadores, salas de reuniões e auditórios, recepção, plenário com galerias e outros espaços.

"Quanto ao plenário, vamos pedir que seja seguido o modelo arquitetônico existente aqui no atual prédio. É um dos plenários mais bonitos do Estado", justificou Rezende. Ele comentou que, após a Câmara desocupar o atual prédio, o espaço poderá ser ocupado por algumas secretarias municipais hoje instaladas em imóveis alugados, gerando economia para o Município.

HOTEL DESATIVADO

Em 2019, uma comissão formada pela Câmara visitou o prédio do desativado Hotel Aquarius, na Zona Norte de Marília. A intenção era analisar eventual locação do imóvel para instalação do Legislativo. "Mas as instalações não eram muito adequadas para as necessidades. Além disso, no ano seguinte começou a pandemia e os estudos de um novo prédio para a Câmara foram adiados ", lembrou Rezende.

Um boato surgido na semana passada dava conta que o prédio do referido hotel seria alugado pelo Legislativo. "Inventaram até valor de aluguel. Boataria sem fundamento nenhum", explicou o presidente do Legislativo.

SEDE DA POLÍCIA FEDERAL FOI SÓ ENGANAÇÃO!


O terreno onde deverá ser construído o novo prédio da Câmara de Marília, foi palco de encenação em meados do ano 2000. O então prefeito Abelardo Camarinha montou um palanque no local e convocou delegados e diretores da instituição para anunciar a construção daquela que seria a nova sede da Delegacia de Polícia Federal em Marília.

O picadeiro teve até instalação de enorme placa alusiva à obra e enterro de pedra fundamental no terreno pelo prefeito e pelo então superintendente da Polícia Federal. Nada foi construído no local, a Policia Federal continua pagando aluguel até hoje e a tal placa de metal foi furtada do terreno, restando apenas a armação de concreto onde foi afixada.


531 visualizações0 comentário
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
whatsapp-logo-vector.png
Chama no Zap!

© 2017 por "JP. Povo

Anuncie aqui!!!
14 99797-5612