Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Câmara de Marília retoma sessões hoje e analisa projeto do Plano Diretor de Erosões


Vereadora Daniela Alves, o presidente Marcos Rezende e o vereador Élio Ajeka, na Mesa Diretora


A Câmara de Marília inicia hoje (2), após o recesso de julho, as sessões camarárias do segundo semestre. A sessão tem a presença de vereadores e opção de participação remota. Seguindo os protocolos de prevenção da Covid, não há presença de público nas galerias.

Os trabalhos podem ser acompanhados pela TV Câmara e pelas redes sociais do Legislativo. Durante o recesso, as atividades da Câmara foram realizadas normalmente, com a administração da Casa e gabinetes dos vereadores atendendo no expediente normal, das 8h às 18h.

A pauta da sessão desta segunda-feira traz, além de dezenas de Indicações e Requerimentos, um Projeto de Lei de autoria da Prefeitura de Marília, referente a aprovação do Plano Diretor de Controle de Erosão Rural no Município de Marília.

O Plano foi elaborado pela empresa MEP Consultoria e Ambiental, em 2016 e tem como principais objetivos levantar e prevenir a erosão rural no Município, além de preservar os recursos hídricos. A empresa realizou levantamento na malha viária rural da cidade, indicando diretrizes para evitar a degradação ambiental, preservando mananciais e evitando poluição, buscando o desenvolvimento sustentável na zona rural.

O Plano também auxilia o Município nas diretrizes e ações no meio rural, como na elaboração de projetos ambientais, agrícolas, malha viária, assim como na estimativa de custos para execução.

O documento identifica os problemas e propõe soluções no controle de erosões, fornece um banco de dados e base cartográfica do Município de Marília, incluindo mapas, erosões, microbacias hidrográficas , uso do solo e outros itens nesse sentido.



26 visualizações0 comentário