Buscar
  • Por G 1

Caminhão de Marília tomba com a força do vento em rodovia na região


“Muito susto! Você não sabe o que faz na hora”. Essa foi a declaração de Marcos de Oliveira, motorista de um caminhão-baú, placas de Marília, que tombou com a força do vento às margens da Rodovia Raposo Tavares (SP-270) durante uma tempestade de poeira que a região de Presidente Prudente, na tarde desta sexta-feira (1º). Segundo a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil, houve rajadas de 103km/h.

“Começou um vento muito forte, reduzi o caminhão, coloquei primeira [marcha], vim devagarzinho e encostei. Só que o vento tombou quase em cima do chapa. Ele [chapa] chegou do lado da cabine, o caminhão começou a balançar e deitou”, explicou Oliveira. Apesar do susto, o motorista e o chapa, que é o trabalhador que atua em atividades de carregamento e descarregamento de cargas de caminhões, não se feriram. O caminhoneiro havia saído de Marília e faria a entrega de móveis em Presidente Prudente e posteriormente em Presidente Venceslau. Essa não foi a primeira vez que Oliveira se envolveu em um acidente de tombamento, porém, em circunstâncias diferentes. Há 10 anos, o caminhão que ele conduzia tombou na região de São José do Rio Preto após um carro frear bruscamente na rodovia, levando-o a deslocar o veículo para o acostamento. O caminhoneiro informou que aguardava a pista da Rodovia Raposo Tavares secar um pouco e o vento parar para destombar o caminhão e seguir viagem.







154 visualizações0 comentário