top of page
Buscar
  • Por Adilson de Lucca

Caminhoneiro é sequestrado e tem carreta roubada em Marília. Segundo caso em um mês


Um caminhoneiro de Canguçu, Rio Grande do Sul, foi sequestrado por um bando armado na manhã desta quinta-feira (5) em Marília. Ele foi ameaçado, vendado e levado por quatro indivíduos para um local onde não sabe. Ficou 24h nas mãos dos meliantes.

Este foi o segundo caso registrado em Marília. No início do mês passado, outro caminhoneiro do RS teve o caminhão roubado da mesma forma no Distrito Industrial.

O caminhoneiro de pré-nome Diego, de 41 anos, do Rio Grande do Sul, relatou que estava com sua carreta semi-reboque estacionada no Distrito Industrial, na zona norte da cidade, por volta das 6h da manhã de ontem, quando os bandidos o abordaram.

Ele se apresentaram como representantes de uma empresa onde a carreta seria carregada e precisavam fazer uma vistoria no veículo. Renderam a vítima e a obrigaram a entrar em um veículo.

Diego disse ao repórter Alcir Neto, da Rádio Clube, que foi levado para um quarto pequeno, mas não sabe onde. "Eles (os bandidos) falavam para mim ficar quieto, pra mim colaborar, que ia dar tudo certo. Eu só pensava na minha família".

O caminhoneiro foi solto somente no final da madrugada desta sexta-feira (6). Foi deixado logo após a serra do Country Club (SP-333 - Marília a Lins). A pé, ele seguiu até um posto de gasolina em Marília, onde acionou a Polícia Militar.

O bando levou o semi-reboque e deixou o "cavalo".

Diego, que tem quatro filhos, disse que o prejuízo é de cerca de R$ 250 mil e quer desistir da profissão, onde atua por 21 anos. "Abandonar o trecho, país onde a gente não tem segurança nenhuma, só é cobrado".

O caso está sendo registrado na CPJ.







293 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page