Buscar
  • Com G1

Carreta desgovernada destrói praça de pedágio e mata quatro na BR-050


Oito funcionários da concessionária que administra a rodovia também ficaram feridos e foram levados a hospitais. Uma das gravações registra quando um carro com uma família deixa a faixa à esquerda da pista, vai para uma que estava mais vazia e, segundos depois, é atingido. Vídeos mostram quando um caminhão bate contra uma praça de pedágio e provoca o acidente que causou a morte de três adultos e uma criança neste domingo (28), na BR-050, em Campo Alegre de Goiás, região sudeste do estado. Após a colisão, houve uma explosão (veja acima). Oito pessoas ficaram feridas. O acidente aconteceu por volta das 10h, no sentido de Brasília a Catalão. Uma das gravações é de uma câmera de segurança da rodovia e foi divulgada pelo Corpo de Bombeiros. Ela filma quando um carro preto deixa a faixa mais à esquerda da pista e vai para uma que estava mais vazia. Segundo depois, aparece o caminhão-baú, que estava carregado com desodorantes. Ele colide contra a defensa metálica e, depois, na traseira do carro preto, onde viajavam um casal e uma criança da mesma família. Depois, bateu em outro veículo com três pessoas, que não tiveram ferimentos. As colisões, conforme a PRF, provocaram um incêndio, que destruiu a praça de pedágio, os veículos atingidos e um caminhão carregado com grãos que estava parado no local. O motorista desta carreta conseguiu desembarcar antes que o incêndio atingisse a cabine e saiu ileso.

Outra gravação feita por um caminhoneiro que trafegava logo atrás do motorista que causou a batida mostra o acidente de outro ângulo. Nas imagens confirmadas pela PRF é possível ouvir que o motorista se desespera (veja abaixo). “Subiu, subiu, subiu. Pegou fogo, pegou fogo o trem aqui. Matou. Meu pai, meu senhor”, disse o caminhoneiro. De acordo com o inspetor Newton Moraes, o caminhoneiro que causou o acidente morreu no local. Os três ocupantes do primeiro carro atingido também tiveram os corpos carbonizados. Conforme a corporação, estavam nesse carro um casal e filho, de 2 anos. Em nota, a Eco-050, concessionária responsável por administrar a rodovia, informou que a Praça de Campo Alegre de Goiás possui cinco cabines e que, no momento do acidente, havia oito colaboradores em atividade na praça, sendo que sete sofreram machucados leves e um oitavo teve ferimentos moderados. A concessionária afirmou ainda que "tem prestado todo o suporte necessário aos feridos e às suas famílias". Os funcionários foram levados a hospitais de Catalão, a 70 km de distância de Campo Alegre de Goiás. Interdição Segundo a PRF, os dois sentidos da rodovia ficaram totalmente interditados por quase 6h, na altura do km 226. Às 15h30 uma faixa de rolamento em cada sentido foi liberada e não havia congestionamento no local. Durante o bloqueio, um desvio foi feito pelo PRF em uma estrada de terra para os motoristas que seguiam sentido Cristalina a Campo Alegre de Goiás.

239 visualizações0 comentário