Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Casal de idosos é assassinado e namorada mata companheiro a facadas, na região


Um casal de idosos foi encontrado morto dentro de casa em Lutécia. O imóvel fica a três quadras da praça principal da cidade.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados pelo vizinho do casal. Ele havia suspeitado do fato de que o bar que eles possuíam não abriu durante o dia todo. Dentro da residência, que fica nos fundos do bar, os policiais encontraram o casal caído no corredor da casa. A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros confirmaram as mortes. Segundo a apuração, as vítimas possivelmente sofreram agressões físicas e foram atingidos com faca e instrumentos contundentes. Os dois quartos da casa estavam revirados, o que indica que os suspeitos estavam à procura de algo de valor, de acordo com a polícia. Foi apurado que as vítimas poderiam ter valor em moeda corrente dentro do imóvel, mas, até o momento, não foi possível constatar o roubo de algum bem. Durante a investigação, as equipes averiguaram que os suspeitos entraram pelos fundos do imóvel, porque a porta estava destrancada. Já a porta do bar e da lateral da casa estavam trancadas. Marcas de sangue foram encontradas na porta do imóvel, pelo lado de dentro. A perícia localizou e coletou uma faca, um celular, um revólver com várias munições, impressões digitais e duas blusas, as quais não têm o perfil das roupas pertencentes às vítimas. Ninguém foi preso e o caso é investigado.

MAIS VIOLÊNCIA

A Polícia Civil apura um homicídio registrado na noite deste domingo (2) em Anhembi (região de Botucatu). Segundo informações do boletim de ocorrência, um homem de 29 anos morreu após ser atingido por um golpe de faca durante uma briga com a namorada.

De acordo com o delegado que acompanha o caso, testemunhas relataram uma briga entre o casal depois que os dois ingeriram bebida alcoólica. O homem teria começado a agredir a namorada e pego uma faca para atingi-la. A mulher, no entanto, teria conseguido desviar, pego a faca e atingido o homem para se defender, segundo depoimento à polícia. Um tio e o irmão da mulher, que ouviram a discussão na casa dos fundos, socorreram a vítima, que foi levada até o Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu, mas não resistiu aos ferimentos. A mulher recebeu voz de prisão no hospital e está detida, aguardando pela audiência de custódia.




184 visualizações0 comentário