Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Coca-Cola FEMSA inclui Marília em projeto que vai premiar "Ideias para um Mundo Melhor"


A Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, lançou a 6° edição do edital ‘Ideias para um Mundo Melhor’.

Este ano, serão contempladas, além de Marília, as cidades de Bauru, Jundiaí, Mogi das Cruzes (SP), Antônio Carlos (SC), Porto Alegre (RS), Maringá e Curitiba (PR), Itabirito (MG) e Campo Grande (MS). Cada uma delas poderá receber aportes de até R$ 50 mil do edital, a serem distribuídos entre os projetos selecionados.

Neste ano, 10 ONGs receberão R$ 50 mil cada para projetos sociais que atuem no desenvolvimento comunitário e bem-estar social nos estados onde a companhia tem operações (MG, MS, PR, RS, SC e SP).

A edição de 2021 abre oportunidades para propostas provenientes de organizações sociais divididas em três áreas: Inclusão, em que poderão ser tratados temas como diversidade, empoderamento dos públicos feminino, racial, LGBTQIA+, PCD e refugiados; meio ambiente, com temas voltados para água, economia circular e clima; e empreendedorismo, voltado para o fomento econômico, geração de emprego e renda.

"Com o avanço da vacinação e a expectativa do retorno à normalidade, essa edição do edital "Ideias para um Mundo Melhor" visa empoderar as pessoas através de crescimento pessoal, profissional e de inclusão. O edital já se mostrou relevante ao impactar 20.600 pessoas por intermédio de ONGs e reforça a missão da Coca-Cola FEMSA Brasil de gerar bem-estar social nos lugares em que está presente", afirma Camila Amaral, diretora Jurídica e Assuntos Corporativos.

CURSOS DE CAPACITAÇÃO

Para incentivar o maior número de inscrições de projetos, a companhia oferece, em parceria com a ONG Parceiros Voluntários, instituição sem fins lucrativos que dissemina a cultura do trabalho organizado, cursos de capacitação voltados para a elaboração de projetos, metas e indicadores, além de conceitos de inovação e ferramentas digitais.

Nos cinco anos de edital, o aporte financeiro da Coca-Cola FEMSA Brasil possibilitou o desenvolvimento de ações capazes de amenizaram desigualdades sociais. O projeto "Redesenhando a Vida com Arte", da ONG Associação de Combate ao Câncer, que atua na cidade de Marilia (SP) e região, destacou-se por propor atividades de acolhimento, orientação e assistência a pacientes e seus familiares, por meio de atividades voltadas para geração de emprego e ressocialização de pessoas em tratamento de câncer.

Em Porto Alegre (RS), o Instituto Misturaí propôs o projeto "Empreendaí", que tem como foco a capacitação de mulheres para atuação em construção civil, costura e cozinha. O objetivo da ação é o empoderamento feminino e a geração de renda por meio do empreendedorismo social. Já o Instituto de Desenvolvimento Humano, Social, Econômico e Cultural - Maná do Céu Para os Povos, de Campo Grande (MS), criou o projeto "Laços da Comunicação" para adolescentes de 12 a 17 anos que vivem em situação de vulnerabilidade, utilizando um instrumento chamado Caderno Interativo, ferramenta para acompanhar o desenvolvimento e prestar auxílio aos jovens.




31 visualizações0 comentário