Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Comando da PM esclarece atendimentos de ocorrências de furtos e ressalta combate à criminalidade


Em relação à matéria publicada ontem pelo JORNAL DO POVO, sob o título NEM O FRIO SEGURA A BANDIDAGEM! RASTRO DE FURTOS TEM ATÉ IGREJA INVADIDA PELOS LARÁPIOS, o 9° Batalhão de Polícia Militar do Interior (9º BPM/I), sediado em Marília, encaminhou Nota citando que "a Polícia Militar esclarece que, conforme pesquisa realizada no Infocrim (banco de dados alimentado pelos boletins de ocorrência registrados na Polícia Civil), os fatos ocorreram nas seguintes datas: 19 de julho – rua Mem de Sá; 14 de julho – Jardim Maracá; 12 de julho – na rua São Luiz; 12 de julho – no Jardim IV Centenário; 08 de julho – na avenida Rio Branco; 07 de julho – rua Quatro de Abril. A Polícia Militar foi acionada apenas para os casos dos dias 07 e 19 de julho, em que foram elaborados boletins de ocorrência. Os demais casos foram registrados diretamente na Polícia Civil e não ocorreram na mesma noite, nem mesmo em localidades próximas, de tal forma que não se vislumbra correlação entre os eventos".

A Nota menciona também que a Polícia Militar "atua diuturnamente em toda a região de Marília por meio dos diversos programas de policiamento para combater a criminalidade e garantir a preservação da Segurança, Salubridade e Tranquilidade Pública".

VEJA ÍNTEGRA DA NOTA

"O 9º Batalhão de Polícia Militar do Interior (9º BPM/I), promotor dos Direitos Humanos, da Polícia Comunitária e da Gestão pela Excelência, atua diuturnamente em toda a região de Marília por meio dos diversos programas de policiamento para combater a criminalidade e garantir a preservação da Segurança, Salubridade e Tranquilidade Pública. Referente à seguinte matéria https://www.jornaldopovomarilia.net/post/nemo-frio-segura-a-bandidagem-rastro-de-furtos-tem-at%C3%A9-igreja-invadida-peloslar%C3%A1pios publicada pelo Jornal do Povo, a Polícia Militar esclarece que, conforme pesquisa realizada no Infocrim (banco de dados alimentado pelos boletins de ocorrência registrados na Polícia Civil), os fatos ocorreram nas seguintes datas: 19 de julho – rua Mem de Sá; 14 de julho – Jardim Maracá; 12 de julho – na rua São Luiz; 12 de julho – no Jardim IV Centenário; 08 de julho – na avenida Rio Branco; 07 de julho – rua Quatro de Abril. A Polícia Militar foi acionada apenas para os casos dos dias 07 e 19 de julho, em que foram elaborados boletins de ocorrência. Os demais casos foram registrados diretamente na Polícia Civil e não ocorreram na mesma noite, nem mesmo em localidades próximas, de tal forma que não se vislumbra correlação entre os eventos.

É importante destacar que as informações da população favorecem o trabalho da Polícia Militar, que pode ser acionada via 190 sempre que for percebida a presença de pessoas suspeitas no bairro; isso pode prevenir a ocorrência de roubos e furtos, pois a polícia tem o dever de abordar aqueles que se encontrem em situação suspeita.

O 9º BPM/I garante à população que está, e continuará, se articulando para promover o atento patrulhamento para levar maior sensação de segurança aos morados e inibir práticas criminosas, incluindo as regiões citadas nesta nota.

Polícia Militar, a Força Pública de São Paulo.

Marília, 20 de julho de 2021".



28 visualizações0 comentário