Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Começa hoje o "toque de recolher" em todo Estado. Carros e pessoas não podem circular das 23h às 5h


Começa hoje (26) em o Estado de São Paulo o “toque de recolher” das pessoas, das 23h às 5h. O decreto do governador João Doria (PSDB) segue até 14 de março. Somente os serviços essenciais poderão funcionar durante este horário.

A medida tenta frear o aumento de pacientes internados em leitos de UTI nos últimos 10 dias. Somente nesta semana, a alta chegou a 9,1% e, se nada mudar, a projeção é de que as vagas nas unidades de tratamento intensivo se esgotem em três semanas.

Atualmente as taxas de ocupação das UTIs são de 69% no Estado e de 69,3% na Grande SP. De acordo com os dados oficiais São Paulo contabiliza cerca de 2,1 milhões de casos e mais de 60 mil óbitos

A fiscalização pretende abordar motoristas ou transeuntes e explicar que ele não pode estar circulando, o risco que ele está correndo. Ele vai ser orientado a voltar para casa, é uma advertência. Será alertado de que, se for pego uma segunda vez, aí sim, ele será multado. Já tem um antecedente e será multado em torno de R$ 525 por reincidência.

O governo quer diminuir as aglomerações em festas, vetadas em todas as etapas de contingência do plano São Paulo, e também reuniões privadas com mais de dez pessoas. Explica que é fácil identificar as pessoas que estão voltando do trabalho. Agora, pessoas que estão passeando com o cachorrinho à noite vão ter de procurar um novo horário.

As medidas proíbem as aglomerações durante todo o dia e estabelecem a possibilidade da aplicação de multas para quem violar o Plano SP – os valores não foram anunciados. As vigilâncias sanitárias estadual e das cidades paulistas serão responsáveis por, em conjunto com a Polícia Militar e o Procon, fiscalizarem estabelecimentos que estiverem com pessoas aglomeradas. Além disso, o governo criou um canal de denúncia contra aglomerações: 0800-771-3541


509 visualizações0 comentário