Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Começou a Operação Natal nas estradas, com foco nas principais infrações e embriaguez ao volante


Começou nesta quinta-feira (22) e segue até a meia noite do próximo domingo (26), a Operação Natal nas rodovias estaduais e federal (BR-153 - Transbrasiliana) na região de Marília.

O policiamento será reforçado com todo o efetivo operacional. Em média, 21,5 mil policiais vão reforçar diariamente as ações de patrulhamento ao longo dos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais para evitar crimes e garantir a fluidez do trânsito em toda a malha rodoviária do estado.

A operação utilizará ainda oito mil viaturas, 50 cavalos, 10 helicópteros, 12 drones, 386 guinchos e 200 ambulâncias, que serão distribuídos ao longo de 190 pontos estratégicos para o policiamento.

Durante todos esses dias, a atuação do Policiamento Rodoviário, buscará sedimentar condições de trafegabilidade cada vez mais seguras, conscientes e humanizadas, com foco na fiscalização da questão comportamental do motorista, posto que a falha humana constitui-se como a principal causa de sinistros de trânsito (90%, segundo a OMS).

O Policiamento Rodoviário desenvolverá ações de fiscalizações com o intuito de coibir o cometimento das infrações de trânsito que mais ocasionam graves sinistros de trânsito, sendo elas embriaguez ao volante, o excesso de velocidade (com utilização de radares portáteis), uso indevido do celular ao volante, ultrapassagens em locais proibidos, verificação da não utilização do cinto de segurança, além das orientações e cuidados aos pedestres e ciclistas em locais de riscos, dentre outras infrações que afetem preponderantemente a chance de ocorrência de um acidente ou aumentem a gravidade de suas vítimas. O uso do cinto de segurança, do capacete e da cadeirinha para crianças até 10 anos de idade também será fiscalizado.

Para uma viagem segura, a Policia Rodoviária lembra que o motorista não deve usar o telefone celular enquanto dirige, precisa checar as condições dos automóveis e os equipamentos obrigatórios, principalmente estepe, macaco, triângulo e chave de roda.

Durante a Operação, a PRF também vai atuar no combate ao crime, com abordagens focadas em informações do serviço de inteligência para prender criminosos, recuperar veículos roubados e retirar armas, drogas e produtos contrabandeados de circulação.

FOCO NAS PRINCIPAIS INFRAÇÕES

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE:

A infração de trânsito de embriaguez pune o motorista com multa e suspensão do direito de dirigir. A presença de álcool no organismo do condutor, por si só altera sua capacidade de dirigir e potencializa os riscos de sinistros de trânsito. Nesse sentido, o Comando de Policiamento Rodoviário traz a importância de combater esse tipo de comportamento ao volante, principalmente com a adoção do “etilômetro seletivo”, equipamento que permite uma identificação qualificada e preparatória para o teste ativo.

OBSERVAÇÃO DOS LIMITES DE VELOCIDADE NA VIA:

O excesso de velocidade potencializa todas as demais infrações de trânsito. Não por outro motivo, o Policiamento Rodoviário tem intensificado a fiscalização desse tipo de infração, inclusive no período noturno.

ULTRAPASSAGENS

Ultrapassar em local proibido é uma das infrações mais cometidas pelos condutores. Além disso, é, também, uma conduta extremamente perigosa, responsável pela maioria dos acidentes fatais nas rodovias. A manobra configura uma infração de natureza gravíssima, com 7 pontos na CNH e multa no valor de R$ 293,47.

USO INDEVIDO DO CELULAR (SMARTPHONE) AO VOLANTE:

Importante destacar que o uso do telefone celular e sua concomitância com a condução de um veículo, ocasiona uma distração visual e cognitiva do condutor, ou seja, há perda completa da atenção durante o processo de dirigibilidade. Também é importante que o motorista sempre esteja com as duas mãos ao volante na condução do veículo.

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS AOS PEDESTRES E CICLISTAS EM LOCAIS DE RISCOS:

No período noturno há maior risco de atropelamentos de pedestres pela carência de iluminação e ao mesmo tempo, alguns pedestres, ainda insistirem em cruzar as vias em regiões de alto volume de tráfego, razão pela qual, o Policiamento Rodoviário, adota campanhas educativas e distribuição de coletes refletivos, como estratégicas mitigadoras de sinistros.

DRONES

Além dos reforços operacionais e de fiscalização para atendimento aos usuários e monitoramento das rodovias mais movimentadas, as medidas visam minimizar os impactos causados pelo aumento do fluxo de veículos. Para isso, as rodovias estaduais contarão com o uso de drones, que permitem às equipes de campo um melhor tempo de resposta e tomadas de decisões, além de 1.818 câmeras de fiscalização, que abastecem os centros operacionais 24 horas por dia, e 551 sensores de tráfego.







55 visualizações0 comentário