Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

COPA PAULISTA: MAC toma gol no apagar das luzes, mas arranca empate de 2 a 2 contra a Portuguesa


O MAC fez o vira-vira em cima da Portuguesa até os 49 minutos do segundo tempo, quando tomou o gol de empate: 2 a 2. Foi o primeiro jogo das semifinais da Copa Paulista, na tarde deste sábado, no Estádio Canindé, em São Paulo.

O resultado mantém o Tigrão invicto no certame com sete vitórias e quatro empates. No jogo de volta, no próximo final de semana no Abreuzão, o MAC segue com a vantagem do empate para avançar à final da Copa Paulista.

O resultado foi muito bom para o Marília, mas a forma como ocorreu o empate (no apagar das luzes) após virada no placar, deixou um gostinho de "putz, que decepção!".

O JOGO

O MAC começou bem o jogo e logo aos seis minutos assustou a Lusa com um torpedo do ala Madalena de fora da área. A bola bateu na rede por cima do gol do lado de fora.

A Portuguesa se acertou a e foi pra cima. Abriu o placar aos 19 minutos, com Naldo cabeceando para os fundos das redes após cobrança de escanteio. 1 a 0.

O time do MAC, como sempre firme psicologicamente, não se abalou com o gol e acelerou o ritmo de jogo. Aos 30 minutos, o atacante Bosco aproveitou cruzamento e de cabeça empatou a partida, na entrada da pequena área.

O bandeira apontou impedimento e invalidou o gol. O VAR foi acionado para ajustes da jogada e em seguida o árbitro Vinícius Dias de Araújo validou o gol, para explosão dos jogadores e comissão técnica do MAC e dos cerca de150 torcedores do Tigrão presentes no Canindé.

SEGUNDO TEMPO

O MAC voltou para o segundo tempo a todo vapor e logo aos três minutos o zagueiro Glauco aproveitou cobrança de escanteio e decretou aquela que seria a vitória de virada do Tigrão.

O MAC, gigante em campo, seguiu firme no jogo e ainda teve mais chances de ampliar o placar. mas, a ducha fria veio aos 49 minutos do segundo tempo, com o centroavante Caio Mancha pegando cruzamento e cabeceando para deixar tudo igual. 2 a 2.





100 visualizações0 comentário