Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Corte de árvores em academia ao ar livre revolta moradores na Zona Leste. Secretaria aponta cupim


Moradores do Bairro Novo Horizonte, na Zona Leste de Marília, estão bravos após a Prefeitura ter cortado cinco frondosas árvores junto à academia ao ar livre do local. Frequentadores da academia, principalmente, reclamam que agora, sem as árvores, perderam o conforto de fazer os exercícios à sombra.

Alegam que eram árvores sadias e que existiam há cerca de 25 anos no local. Após os cortes, restos de troncos foram deixados amontoados no local.

DEU CUPIM

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente informou ao JORNAL DO POVO que recentemente caiu uma árvore no local (academia) e quase atingiu uma pessoa. Houve reclamação na Ouvidoria do Município e foi deslocado um engenheiro florestal para verificar a situação.

Ele constatou que diversas árvores estavam infestadas com cupim e com as raízes podres e deveriam ser erradicadas para evitar riscos, principalmente aos frequentadores da academia ao ar livre.






114 visualizações0 comentário