Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Crea segue com força-tarefa de fiscalização em condomínios, obras e empresas em Marília e Garça


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) segue até amanhã (29), com a força-tarefa de fiscalização em Garça e Marília.

Com caráter orientativo e preventivo, a ação tem como foco assegurar a presença de profissionais habilitados à frente das atividades abrangidas pelo Conselho a fim de garantir a segurança da população. Iniciada na segunda-feira (25), a ação prevê 250 diligências nos dois municípios. Nesta ação, dez agentes fiscais identificados com coletes e veículos do Conselho atuam em condomínios verticais e horizontais, serralherias e obras na cidade de Marília. Em Garça, são averiguadas empresas sem registro ou responsável técnico. “É muito importante a participação da população na atuação do Crea-SP por meio dos canais de denúncia do Conselho. Dessa forma, é possível garantir que o profissional habilitado esteja em exercício e a sociedade mais segura”, afirma o gerente regional, engenheiro Rafael Janeiro.

RECORDE HISTÓRICO O Conselho encerrou o ano passado com 292 mil ações de fiscalização, superando em mais de 45% a meta estabelecida. Foi um recorde histórico. Em 2022, o objetivo é chegar a 400 mil ações fiscalizatórias. De 2015 a 2021, as fiscalizações do Crea-SP aumentaram cerca de 900%.

O crescimento se deve ao uso das tecnologias para apoio às atividades, com pesquisas e apurações remotas, antes dos agentes fiscais irem a campo, e à adoção do modelo das forças-tarefas no Estado. DENÚNCIA

Para fortalecer a ação de fiscalização do Crea-SP, canais de denúncia estão disponíveis em todas as unidades do Conselho, no site por telefone (0800 017 18 11 / 0800 770 27 32) ou e-mail: faleconosco@creasp.org.br. Se enquadra em infração à legislação profissional a ausência de responsável técnico em projetos, execuções ou prescrições; obras clandestinas; falta de placa na obra ou de identificação de responsável em atividades sujeitas à fiscalização; produção irregular de material ou insumo aplicáveis na Engenharia, Agronomia e Geociências e outras situações relacionadas à violação do exercício técnico de profissionais habilitados. Sobre o Crea-SP

Instalada há 87 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 95 mil empresas registradas.


55 visualizações0 comentário