Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

CRIME DO SACO: Justiça decreta prisão de mulheres que torturaram e mataram aposentado, em Marília


Autoras do macabro homicídio escoltadas por policiais na CPJ


A Polícia Civil solicitou e a Justiça decretou no final da tarde desta quinta-feira (10), a prisão temporária contra Wânia Santos Silveira, de 52 anos, e Andrea Santos Silveira de Sousa, 49, as irmãs acusadas pelo macabro homicídio contra o aposentado Donizete Rosa, de 60 anos.

O idoso foi torturado e morto há cerca de uma semana e o corpo abandonado pelas duas mulheres no centro de Marília, no início da madrugada de ontem (9).

O pedido de prisão da dupla foi formalizado pelo delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), dr. Luiz Marcelo Perpétuo Sampaio, após os depoimentos das acusadas, que duraram cerca de quatro horas na CPJ.

Em entrevista coletiva no final da manhã desta quinta-feira (10), o delegado relatou detalhes das investigações e prisões das acusadas.


Donizete Rosa foi torturado e morto











805 visualizações0 comentário