Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Curso de Direito da Unimar arrecada alimentos para o Projeto Amor de Criança


O Projeto Natal Arrebenta, realizado pelo curso de Direito da Universidade de Marília (Unimar), arrecadou mais de 600 quilos de alimentos que serão entregues às famílias assistidas pelo Projeto Amor de Criança. A ação contou com a participação de acadêmicos dos cursos de graduação e pós-graduação, docentes e a comunidade.

De acordo com o idealizador da ação, o docente do curso de Direito da Unimar, Galdino Luiz Ramos Junior, a Instituição busca formar profissionais altamente capacitados e com visão humanística. “Diante deste tempo que estamos vivendo, a fome é um problema que está assolando muito em nossa sociedade, em bolsões de fome, perto de nós. Vamos fazer deste, um programa contínuo, integrando o trabalho que a Universidade realiza com ações sociais na cidade e região, integrando os alunos e mostrando que o Direito é muito mais do que aquilo que está no código ou na lei. É um direito aplicado, gerando benefícios e combatendo a fome”, explica.

A Unimar inovou, mais uma vez, com a criação da “Rádio Arrebenta”, com transmissões por plataforma digital, em que o professor Galdino e convidados realizam debates jurídicos, de forma descontraída, com temas dentro das disciplinas da graduação. O Projeto “Natal Arrebenta” foi a ação de encerramento das atividades em 2020.

Segundo a Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, o “Natal Arrebenta” vem coroar a excelência do projeto desenvolvido pelo curso de Direito da Unimar. “O projeto nasceu a partir de aulas de graduação reinventadas por conta da pandemia. A Rádio Arrebenta é mais uma inovação da Universidade de Marília, que nasceu em projeto experimental dos acadêmicos da graduação e que passa a fazer parte da grade, tornando-se umas das únicas web rádio jurídicas do país”, comemora.

A Pró-reitora ressalta ainda, a importância das metodologias ativas durante o processo de aprendizagem, principalmente em um ano pandêmico. “Quero parabenizar o professor Galdino, profissional muito querido, que, de fato, tem se reinventado e buscado atrair mais os alunos, porque a grande dificuldade, neste tempo de pandemia, foi estimular os alunos que estavam tristes, passando por dificuldades familiares ou provocadas por diversos fatores. Assim, a Rádio Arrebenta trouxe alegria para os lares”, complementa.

A coordenadora do curso de Direito da Unimar, Francis Marília Pádua, destaca o envolvimento do docente e do curso na busca pela educação de excelência. “Eu fico muito feliz com o sucesso desta ação social, porque nós tivemos desde o começo do ano o professor Galdino, que se reinventou e não pensou somente na qualidade das aulas, mas ele viu o aluno além da tela e suas necessidades. Ele se superou, trouxe uma nova metodologia, implementou e foi aclamado. Além disso, o professor trouxe a visão humanística para o direito, não só a técnica, demonstrando que podemos e devemos fazer muito mais pela nossa comunidade”, diz.

No próximo ano letivo, o curso de Direito da Unimar segue com a Rádio Arrebenta e as metodologias ativas, como conta a coordenadora do curso. “No próximo ano letivo, vamos dar continuidade em todos os projetos, além de trabalharmos na metodologia ativa, implementada

no curso, o reflexo da Covid em Marília. Nosso objetivo é desenvolver habilidades e olhar para as necessidades dos municípios”, conta.

“Nós vamos fazer muito trabalho jurídico e doutrinário, mas também campanha prática de combate à fome. Esta é mais uma das novidades que a Universidade vai trazer no ano que vem. Este foi o primeiro projeto, que deu muito certo, e vamos vincular os alunos para criar consciência e, ao mesmo tempo, levar muitos alimentos e muita alegria para as pessoas carentes, porque o ser humano não é para ser triste, é para ser feliz, mas ninguém é feliz com barriga vazia”, finaliza Galdino.

16 visualizações0 comentário