top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Curso de Medicina da Unimar realiza 1ª Cerimônia dos Jalecos


A Cerimônia do Jaleco foi realizada pela primeira vez na Universidade de Marília (Unimar) e marcou o início da Turma 32º do curso de Medicina. O evento simboliza o início de uma trajetória acadêmica com as evidências das transformações inerentes à vestimenta, o tradicional Jaleco.

De acordo com o coordenador do curso de Medicina da Unimar, Dr. Carlos Eduardo Bueno, a cerimônia marca um novo momento acadêmico e, também, da graduação. “A cerimônia foi maravilhosa. A entrega do primeiro jaleco marca muito, não só o acadêmico de Medicina, como a família, porque vimos a emoção dos acadêmicos e dos seus pais. Todos os docentes estão extremamente motivados para esse novo ano e, com certeza, teremos mais sucesso do que já tinhamos”, destaca.

A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, ao lado da Superintendente do Hospital Beneficente Unimar, Márcia Mesquita Serva, fizeram o acolhimento dos alunos e dos pais, convidados a acompanhar a cerimônia, apresentando a Instituição, os Núcleos e ambientes.

“Receber os mais novos alunos do curso de Medicina da Unimar é um motivo de muito orgulho para todos nós e demonstrar um pouco de tudo que a gente vem desenvolvendo, o trabalho de excelência que a Universidade vem atuando seja na assistência, quanto na área educacional, para nós, é realmente um dia de festa acadêmica, que tem o sentido de agradecer. Esse agradecimento que é, primeiramente, a Deus por nos permitir estar aqui, aos pais que confiaram nesta instituição e também aos acadêmicos que escolheram fazer da Unimar suas casas. Estamos animados e desejamos um excelente ano em clima de muitos feitos acadêmicos”, destaca a Pró-reitora.

A Cerimônia do Jaleco se deu pelo acolhimento dos novos alunos, com as boas-vindas e palestra sobre saúde. Ao final, cada novo acadêmico recebeu um jaleco personalizado e um kit para escrever seus sonhos, o que foi depositado em uma cápsula do tempo, que apenas será aberta no dia da colação de grau, daqui a seis anos.

A acadêmica Gabriela Oliveira falou sobre a emoção deste momento. “É uma experiência única, principalmente por participar desta primeira cerimônia, porque significa o começo de um novo ciclo, não somente na minha vida, mas na de todos que aqui estão. Sou muito grata a Universidade por ter participado de tudo isso”, comemora.

Feliz com o início de mais um desafio, o acadêmico Rodrigo Therezo celebrou o ingresso na Unimar. “Eu achei muito legal a cerimônia, já consegui sentir um pouco da alegria que sentirei daqui a seis anos, quando nos tornamos médicos, e é um desafio novo que começa”, diz.

50 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page