Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DEPUTADO ESTADUAL - Roberto Monteiro quer o programa "Casa Em Primeiro Lugar", para moradores de rua


Roberto Monteiro com morador de rua em barraca de lona paralela à Avenida Ipiranga,

no centro de Marília

Primeiro um abrigo para o morador de rua. Depois, o trabalho de assistência. "Na rua não tem como dar apoio". Com essa interpretação, o candidato a deputado estadual por Marília, engenheiro Roberto Monteiro, tem como plano de trabalho a busca de recursos e parcerias para implantar aqui na cidade o programa "Casa Em Primeiro Lugar" (container adaptado), sistema já atendendo centenas de famílias na capital paulista.

Uma vez na "casa modular", é iniciado o trabalho de cadastramento e triagem assistencial, desde a alimentação até a reintegração social. Cada família pode permanecer nas moradias transitórias por um período entre 12 e 18 meses.

"Aqui em Marília, a situação dos moradores de rua é bastante crítica. Basta andar pela cidade para ver barracas, lonas e abrigos precários em áreas públicas, inclusive no centro da cidade e sob viadutos", afirma Monteiro.

Ele disse que procurou pela secretária municipal de Assistência Social, Wânia Lombardi, mas não foi atendido. "Também não forneceram na secretaria sequer o número de moradores em situação de rua em Marília. Um descaso total".

Roberto Monteiro tem experiência como ex-vereador e secretário municipal de Planejamento Urbano. "Sei que dá para desenvolver esse projeto "Casa Em Primeiro Lugar" em Marília. Precisamos não só de recursos, mas de boa vontade e competência. Um dos meus focos de trabalho como deputado estadual, na área da assistência social, será esse", afirmou.

Modelo de "casa modular" para abrigar famílias em situação de rua. Como deputado estadual, Roberto Monteiro quer trazer esse modelo de assistência para Marília

131 visualizações0 comentário