Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Deputado sargento Neri consegue verba de R$ 500 mil para a Santa Casa de Marília


Juliano da Campestre acompanhou o deputado sargento Neri no anúncio das verbas à diretoria da Santa Casa de Marília


Foram duas emendas conquistadas este ano pelo parlamentar ao hospital mariliense

O deputado estadual Sargento Neri (Patriota) conseguiu R$ 500 mil para custeio à Santa Casa de Marília. Após indicar emenda de R$ 200 mil, este ano, o parlamentar da região anunciou mais R$ 300 mil para a unidade hospitalar filantrópica mariliense.

Acompanhado do presidente do Diretório Municipal do Patriota, Juliano da Campestre, o deputado Sargento Neri fez uma visita esta semana à Santa Casa de Marília.

Recepcionado por representantes da direção do hospital, o parlamentar reiterou o apoio à instituição. Ele também participou de um encontro no salão de reuniões da Santa Casa de Marília, onde aproveitou para reiterar a destinação de recursos do governo estadual.

O PARLAMEMTAR

Rubens Cláudio Siqueira Neri, mais conhecido como Sargento Neri, é natural de Lins, foi criado em Vera Cruz e tem familiares morando em Garça, além de amigos e correligionários em Marília, onde inclusive mantém escritório político.

Primeiro sargento da Polícia Militar do Estado de São Paulo, advogado, cristão, casado e pai de cinco filhos, ele foi eleito para seu primeiro mandato como deputado estadual em 2018 com 34.238 votos. Está engajado na luta por mais segurança pública e melhor qualidade de vida para toda a população.

Traçou uma brilhante carreira na Polícia Militar, recebendo diversas premiações e condecorações ao longo dos anos, como a láurea de 5º a 1º grau dentre os anos de 1997 e 2004; Totem e Certificado de Honra ao Mérito Expedido pelo Comando Geral da PM/SP, nos anos de 2007 e 2010; Medalha Cinquentenária do 16º BPM/M em 2018, dentre outras tantas homenagens e honrarias.

É formado em técnico de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, tecnólogo em segurança pública e bacharel em Direito.




37 visualizações0 comentário