top of page
Buscar
  • Adilson de Lucca

Deputado Vinicius Camarinha dá pontapé inicial nos embates pela disputa da Prefeitura de Marília


O ex-prefeito e atual deputado estadual Vinícius Camarinha (PSDB) deu o pontapé inicial nos embates em torno da disputa pela Prefeitura de Marília nas eleições municipais deste ano. E centrou os torpedos no atual prefeito, Daniel Alonso (sem partido).

"Eu acho que a coisa mais importante agora é a gente entender que a gente precisa encerrar, derrotar definitivamente esse governo que está na nossa cidade. Esse é o item número um", disparou Vinicius em entrevista à Rádio Jovem Pan.

O ex-prefeito na gestão 2012/2016 deu o tom de sua possível candidatura a prefeito. "Eu nunca vi nada igual nos meus 44 anos de vida pública. O governo Daniel Alonso impôs ao nosso povo um sofrimento tremendo, às camadas da população mais simples, com posto de saúde sucateado, com falta de remédio, a educação com dificuldade no aprendizado, alimentação precária".

Vinícius criticou ainda aspectos como matagais e buracos pela cidade. "A zeladoria que todos nós estamos vendo, você que está aí no carro pode perceber visivelmente, mato, buraco, o visual da cidade está uma coisa horrorosa. Eu nunca vi isso na minha vida".

O ex-prefeito atacou também o que considera incompetência da atual gestão. "Além disso, nenhuma obra, nenhuma estrutura que a gente possa se orgulhar".

O deputado desconversa quando perguntado sobre sua eventual candidatura a prefeito.

Em recente encontro dele na Unimar, o reitor da Universidade, Márcio Mesquita Serva, disse a Vinícius, em entrevista coletiva: "você quem voltar a ser prefeito".

Questionado pelo JORNAL DO POVO sobre a declaração do reitor, o deputado ironizou: "ele falou isso? Eu não ouvi!".

Nos bastidores políticos a avaliação é que Vinícius tem forte influência no eleitorado local (obteve cerca de 43 mil votos em 2022) e, mesmo que não seja candidato a prefeito, terá peso considerável em relação a quem apoiar para a disputa.

Já Daniel Alonso, que cumpre o último ano de seu segundo mandato, não se manifesta sobre apoio a eventual candidato à sua sucessão. Na Prefeitura, buscam holofotes como postulantes ao cargo, o vice-prefeito, Cícero do Ceasa, o chefe de gabinete, Levi Gomes e o Assessor Especial, Alysson Alex.

Há uma corrente que aponta que o preferido, de fato, por Daniel Alonso para sucedê-lo é justamente Vinicius Camarinha. Isso porque, caso eleito, Vinícius deixaria o "caminho livre" para a filha do prefeito, deputada Dani Alonso, desfilar na Assembleia Legislativa e ainda ficaria como expectador da nova gestão, sem compromisso nenhum.





349 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page