top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

"DEZEMBRO VERMELHO": Vereador Marcos Rezende destaca importância da Campanha Fique Sabendo


O vereador Marcos Rezende (PSD), alertou na sessão camarária desta segunda-feira (27), sobre a importância da Campanha Fique Sabendo (Dezembro Vermelho), desenvolvida pela secretaria municipal da Saúde, com ênfase no acesso à testagem e ao diagnóstico de HIV e Sífilis.

A Campanha viabiliza o tratamento precoce nos serviços de saúde, além de reforçar as medidas de prevenção ao HIV e outras ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

CAMPANHA EM MARÍLIA

A Campanha começou hoje em Marília. O plantão intensivo e organizado para a realização de testes rápidos grátis é oferecido no Serviço de Assistência Especializada (SAE) e haverá ainda programação externa, em feira noturna e também em praça pública.

A campanha aproveita o Dia Mundial de Luta Contra a Aids (1º de dezembro) para estimular a prática ou o hábito da testagem preventiva dessas duas graves doenças sexualmente transmissíveis. O SAE contará com horário ampliado de funcionamento e ações externas de testagem. Basta o interessado comparecer à unidade portando documento com foto, não precisa de agendamento.

Basta comparecer com documento de identidade e se possível o Cartão SUS. O SAE fica na Rua Sete de Setembro, nº 716.

Qualquer pessoa com vida sexual ativa pode e deve fazer o teste rápido. Principalmente quem tenha passado por alguma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido. Importante: após a infecção, o vírus pode levar até 30 dias para aparecer no exame (isso se chama janela imunológica). Se um teste de HIV é feito durante o período da janela imunológica e o resultado der negativo, é recomendado esperar 30 dias após a exposição e fazer o teste novamente.

Em caso de exposição à situação de risco, o paciente pode procurar a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) Sexual. A PEP é um tratamento de urgência que deve ser iniciado em até 72 horas após a exposição.

Ter um diagnóstico positivo do HIV precocemente permite que o paciente comece o seu tratamento no momento certo e tenha uma melhor qualidade de vida. Além disso, mães soropositivas podem aumentar suas chances de terem filhos sem o HIV, se forem orientadas corretamente e seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto.

TESTE RÁPIDO

O teste é realizado com a coleta de uma pequena amostra de sangue, que ao entrar em contato com um reagente, identifica a existência ou não das infecções no indivíduo. O resultado é conhecido em cerca de 30 minutos e informado ao paciente por um profissional de saúde capacitado, com sigilo.

DOENÇAS SILENCIOSAS

“A Campanha Fique Sabendo, aliada às mobilizações do Dia Mundial de Luta contra a AIDS , é uma oportunidade de ampliar o debate sobre a doença, bem como seus impactos tanto na vida do portador como da sociedade e ressaltamos o quanto é importante a realização de testes de HIV e Sífilis, doenças silenciosas e que acometem muitas pessoas sem que elas saibam. A partir do diagnóstico, evitamos novas transmissões”, explicou Rezende.

ESTATÍSTICAS

A concentração está na faixa etária de 20 a 40 anos, que corresponde a 51,80%. Dados do Ministério da Saúde de 2020 apontam que mais de 40 mil novas infecções por HIV têm acontecido por ano no Brasil, nos últimos 10 anos.

O País soma mais de 1,2 milhões de casos de AIDS notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) desde 1980.

"A luta contra a AIDS é um compromisso conjunto, é um pacto contra o preconceito, a discriminação, pelo acesso e direitos universais à prevenção e à assistência, sendo que a população tem a oportunidade de fazer gratuitamente os testes no Dezembro Vermelho”, observou o vereador.





43 visualizações0 comentário
bottom of page