Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DIG identifica e prende três envolvidos na execução de rapaz de 22 anos, em Lácio


Em trabalho rápido e eficiente, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), prendeu na manhã desta segunda-feira (15), três pessoas acusadas pela morte do jovem Anderson da Silva Pereira, de 22 anos. Ele foi assassinado na tarde deste domingo (14), no Distrito de Lácio, após ter sido atingido por pelo menos três disparos de arma de fogo.

Sob o comando do delegado Luiz Marcelo Perpétuo Sampaio, titular da DIG, equipe da especializada iniciou as investigações logo após o crime, por volta das 15h.

Foram preso em flagrante, hoje, uma mulher identificada como Luara, de 37 anos (condenada a 25 anos por tráfico de drogas, em regime domiciliar), um homem chamado Leonardo, de 27 anos (amásio de Luara) e Marilene, de 46 anos.


Delegado titular da DIG, dr. Luiz Marcelo: trabalho rápido e eficiente

Conforme a polícia, o trio tramou a morte de Anderson e se deslocou até o Distrito em um veículo Ford Focus, de propriedade de Marilene.

Ao localizarem a vítima próximo à via-férrea, Leonardo efetuou pelo menos quatro disparos. Laudo pericial vai definir quantos projéteis atingiram Anderson, conhecido como Carneirinho.

A DIG apurou ainda que Luara teria percorrido o Distrito há alguns dias, a procura da vítima. O motivo do crime seria o fato da vítima ter furtado uma lanchonete de Marilene e um cavalo de Luara.

Os três acusados foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado, sem chances de defesa para a vítima e motivo torpe. Permaneceram presos. A arma do crime não foi localizada.


1.301 visualizações0 comentário