Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DIG prende envolvido em duplo homicídio em bar na Zona Sul de Marília. Grávida foi uma das vítimas


Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Marília, sob o comando do delegado Luis Marcelo Perpétuo Sampaio, prenderam na tarde desta quinta-feira (22), em Bauru, um dos envolvidos no duplo homicidio qualificado no Bar do Baiano, ocorrido na noite de 25 de novembro do ano passado, na Zona Sul de Marília.

Foram divulgadas pela polícia apenas as iniciais dele, V.S.G, de 25 anos. Ele conduzia a motocicleta que levou o atirador e estava foragido, assim como os demais envolvidos, desde a data do crime e com prisão temporária decretada. Foram várias diligências realizadase e eficiente trabalho de investigação pela DIG, até ser descoberto que ele se abrigava na cidade de Bauru, onde trabalhava como auxiliar de gesseiro numa obra próxima ao shopping Bauru.

O acusado foi o primeiro individuo preso. Restam ainda, dois mandados de prisão temporária para serem cumpridas. A conclusão do Inquérito está na dependência da chegada de laudos do Instituto de Criminalística de São Paulo. O indivíduo preso ontem foi interrogado na DIG, mas se reservou no direito de só falar em juízo.

O zelador Manoel e a dona de casa Carla morreram alvejados pelos disparos


O CRIME

O zelador Manoel da Silva Barreto, 36 anos e a dona de casa Carla Silva de Moraes, 25 anos, que estava grávida, foram assassinados por volta das 21h30 do dia 25 de novembro no Bar do Baiano, após dois homens pararem em frente o estabelecimento e fazer vários disparos.

Manoel foi alvejado com pelo menos cinco tiros e morreu no local. A mulher, atingida no pescoço, foi socorrida pelo SAMU, mas morreu no Hospital das Clínicas. Ela estava acompanhada do marido, de 28 anos. Manoel estava conversando com o casal. Segundo a polícia, ele correu e se abrigou atrás de veículos.

Os disparos foram feitos pelo garupa, após ele descer da motocicleta. Manoel ainda tentou refúgio no bar, mas foi atingido. Carla correu, mas também foi alvejada no pescoço.





3.402 visualizações0 comentário