Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

PANDEMIA: Diplomação e posse dos vereadores, prefeito e vice eleitos em Marília não terão público



Plenário e galerias da Câmara de Marília lotados, nas solenidades de posse, em 2016

Por conta das restrições da pandemia do coronavírus, este ano não haverá aglomerações de pessoas nas solenidades de diplomação e posse dos treze vereadores, prefeito e vice-prefeito eleitos para o próximo mandato (2021-2024), em Marília. A Justiça Eleitoral expedirá os diplomas dos eleitos pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Os eleitos, então, deverão imprimir os documentos e entregá-los na Câmara Municipal que terá entre os dias 31 próximo e 1° de janeiro de 2021 (dia da posse) para fazer a validade oficial dos diplomas.

O presidente da Câmara de Marília, Marcos Rezende (que foi reeleito) disse ao JP que as cerimonias de posse no Legislativo, na manhã do dia 1°, estão sendo formatadas, mas não haverá púbico no plenário e nas galerias. No plenário, estarão apenas os vereadores eleitos, o prefeito Daniel Alonso (reeleito), o vice-prefeito eleito, Cícero do Ceasa e suas respectivas esposas ou companheiras. A sessão de posse será transmitida ao vivo pela TV Câmara e plataformas digitais da Câmara de Marília.


Daniel Alonso e o vice, Tato Ambrósio, fazem juramento na Câmara: o racha veio no mandato


Danilo da Saúde, o vereador mais votado em 2016, presidiu a sessão de posse do prefeito e vice na Câmara. Enrolado com o escândalo de superfaturamento de tabletes na Saúde, Danilo viu sua votação despencar esse ano


As solenidades de posse do secretariado de Daniel Alonso foi com o Teatro Municipal lotado, em 2016



185 visualizações0 comentário