top of page
Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DISE captura mais dois traficantes em "biqueira" na Zona Norte de Marília


Mais uma incursão certeira e mais dois traficantes retirados de circulação. Através de diligências, policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Marília, conseguiram apurar a existência de um ponto de venda de drogas, localizado na Rua Salvador Salgueiro, na Vila Barros, Zona Norte da cidade.

Apuraram também que o responsável pelo abastecimento das “biqueiras”, sempre no período da manhã, era o um homem de 38 anos de idade, já conhecido nos meios policiais por envolvimento com a mencionada conduta criminosa.

Foi constatado que ele sempre deixava grande parte das drogas escondidas em um determinado ponto, próximo a “biqueira”, aos fundos da favela, próximo a um córrego lá existente.

De posse das referidas informações, nesta quinta-feira (28) em mais uma ação rápida e eficiente no período da manhã, por volta das 10 horas, os policiais fizeram uma incursão no local, ocasião em que, ao chegarem ao ponto mencionado, o sujeito responsável pelo abastecimento, ao perceber a ação policial, tentou empreender fuga.

Entretanto, foi detido. Em busca pessoal, foi encontrado em poder dele três porções com crack, bem como a importância de R$ 200,00 em dinheiro. No momento da referida abordagem, um rapaz de 24 anos que estava em sua companhia, também saiu correndo e igualmente foi detido.

Ele confessou que era o vendedor da “biqueira”, e confirmou que durante a fuga jogou uma pochete que continha crack e dinheiro da venda de drogas, a qual foi localizada e no interior da mesma continha cinco (05) porções de crack e a importância de R$ 117,00 em dinheiro.

Confirmou também que o responsável pelo abastecimento era o primeiro detido, esclarecendo que ele estava no local para tal finalidade e indicou o ponto onde ele costumava esconder as drogas, próximo ao córrego.

Durante diligências no local indicado, no pé de uma árvore, coberto com folhas, os policiais encontraram uma sacola plástica contendo um tijolo de crack. Diante de tais provas, estando determinada a autoria e materialidade da prática de crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico, os policiais deram voz de prisão a ambos, os quais foram conduzidos à CPJ e autuados em flagrante.




123 visualizações0 comentário
bottom of page