Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DISE desmonta quadrilha do tráfico, apreende drogas e prende traficantes


Após informações e intenso trabalho de investigação foi identificada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Marília, uma quadrilha especializada na venda de entorpecentes na cidade de Gália (45 quilômetros de Marília).

Através de autorização judicial, policiais da especializada, em ação rápida e eficiente, deflagraram uma operação naquela localidade, onde foram efetuadas buscas em cinco residências.

Na residência deum elemento de 52 anos, foram encontrados em um dos quartos da casa, em uma bolsa infantil “Scooby-doo” com um tijolo prensado contendo crack, envolto em papel pardo e plástico filme transparente, estrito “GÁLIA” em preto, lacrado com fita crepe, um tijolo pequeno contendo crack, envolto em uma sacola plástica de cor verde e ainda plástico filme transparente; um tijolo médio com cocaína envolto em uma sacola plástica de cor verde e ainda plástico filme transparente, um saco plástico transparente contendo dezenas de pinos (ependorf) transparentes vazios e um saco plástico transparente contendo dezenas de pinos (ependorf) cor rosa, vazios.

Na residência de uma mulher de 41 anos e seu filho de 18 anos, foram apreendidos, no interior do quarto deste último, em um estojo de canetas da Minie, a importância de R$ 158,00 em dinheiro, 07 porções de maconha, envoltas em plástico filme transparente, 23 pinos transparentes com cocaína (idênticos aos encontrados na casa do indiciado 52 anos), 5 pedras de crack envoltas em plástico transparente, lacrados por nó, tipo correntinha; e dois aparelhos de telefones celulares.

Na casa do líder da quadrilha, um indivíduo de 32 anos, foram encontradas uma balança de precisão de cor branca, uma porção de maconha envolta em plástico filme transparente, a importância de R$ 69,00 em dinheiro; e um aparelho de telefone celular.

Na residência de outro indiciado de 32 anos, o qual não estava presente, estando somente sua genitora, foram encontrados e apreendidos 24 pinos transparentes vazios (idênticos aos encontrados na casa dos demais comparsas) e ainda uma porção de maconha envolta em plástico filme transparente.

Consta que as porções de maconha encontradas nas residências dos investigados são todas idênticas, tanto referente a embalagem, quanto a forma e tamanho.

Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão aos indiciados, os quais foram conduzidos à CPJ em Marília, onde todos foram autuados em flagrante por tráfico, presos e colocados à disposição da Justiça.



113 visualizações0 comentário