top of page
Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DISE flagra garoto de 15 anos traficando drogas na Vila Barros. Ele disse que ganhava R$ 120 por dia


Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), fizeram nova incursão na Vila Barros, Zona Norte de Marília, e no flagrante foi apreendido um garoto, P.F.P.A, de 15 anos, traficando entorpecentes. Ele traficava porções de maconha e cocaína e relatou aos policiais que ganhava R$ 120 por dia.

Através de levantamentos e informações colhidas, os policiais da DISE conseguiram determinar a existência de ponto de venda de drogas ilícitas, localizado na Rua Salvador Salgueiro. Para repressão ao tráfico de drogas, na manhã de ontem (1°), por volta das 9h, diligenciaram ao referido local e posicionaram-se em ponto estratégico, para observação velada. Sendo assim, conseguiram observar toda movimentação do referido ponto de venda de drogas. Foi constatada a ocorrência de tráfico de entorpecentes, sendo que era o adolescente quem estava realizando a venda das drogas, sendo de cor negra, trajando bermuda cinza e camiseta cinza com estampa. Durante o período de observação velada, observaram quando ele efetuou uma venda de drogas para um rapaz que estava de motocicleta. O modo de autuação também foi observado, sendo determinado que o referido vendedor ficava posicionado no citado ponto de venda, onde atendia os usuários e em seguida ia até um ponto da calçada, a um distância de aproximadamente 10 metros, onde abaixava-se e pegava dentro de um cano, embaixo de uma rampa para entrada de carros, as porções que em seguida eram repassadas ao comprador, concretizando-se a venda. Com a determinação da autoria do tráfico, do modo de atuação e do local onde as drogas estavam escondidas, decidiram pela realização da abordagem , solicitando apoio de outro equipe da DISE que já estava de prontidão. Foi feita a aproximação com viatura descaracterizada e o adolescente foi abordado com sucesso. Em seguida, os policiais foram até o local onde as drogas estavam sendo escondidas e dentro do referido cano, embaixo da rampa para carros, encontraram uma “muca” com 73 pinos de cocaína e 9 porções de maconha, bem como a quantia de R$ 285,00 resultantes da venda das drogas. Ao ser indagado, o menor disse que “ estava trabalhando de campana e também ajudava a passar umas drogas” e “ que ganhava a quantia de R$ 120,00 por dia”.

O menor ainda disse que na sua casa tinha mais duas porções de maconha, razão pela qual diligenciaram até a sua residência na rua Hermes da Fonseca, onde foram atendidos por Pedro Lucas o qual autorizou a entrada na casa, sendo encontradas e apreendidas as duas porções de maconha citadas por, que estavam no seu quarto, no criado mudo. Diante de tais provas, estando determinada a autoria e materialidade de ato infracional (tráfico de drogas), foi dada voz de apreensão ao adolescente, que foi ratificada pela autoridade policial, por acusação de prática tráfico de drogas.

Tendo em vista o horário do término da ocorrência, e pela natureza dos fatos, o adolescente ficará recolhido em local adequado, para apresentação em audiência na curadoria da infância e juventude, a ser realizada na data de amanhã.



58 visualizações0 comentário
bottom of page