Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DISE prende casal e rapaz em flagrante por tráfico de drogas


Após inúmeras informações dando conta de que um casal, ele com 18 anos de idade e ela com 23 anos, estavam praticando intenso tráfico de entorpecentes na residência onde moram, localizada no Bairro Jardim América, Zona Oeste de Marília, investigadores da Delegacia de Investigações Gerais (DISE), realizaram inúmeras diligências e constataram que realmente estava ocorrendo o mencionado crime.

Através de relatório, requisitaram buscas judiciais no imóvel, cuja medida foi pleiteada e deferida pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Marília. Nesta quarta-feira (27), por volta das 7 horas, durante as buscas no imóvel, os investigados encontraram na sala, sobre um armário, saco plástico transparente contendo: quatro pinos de cor verde e um rosa com cocaína, um pino de cor amarela com crack, um saquinho transparente fechado por ziplock, contendo maconha, 113 porções de crack, embaladas em plástico transparente, lacradas por nó, tipo correntinha. Ao lado, foi encontrada a importância de R$ 329,00 em dinheiro, notas de valores diversos, um pote branco contendo bicarbonato de sódio, substância esta que normalmente é utilizada para misturar com a droga visando maior rendimento, um saco plástico contendo inúmeros saquinhos plásticos transparentes, utilizados para confecção das correntinhas de crack (semelhantes as embalagens das porções de crack acima mencionadas), duas folhas de papel pautado com anotações de valores e outros dados indicativos da contabilidade do tráfico de drogas.

Continuando as diligências, sobre o rack da TV, ainda na sala do imóvel, foram encontrados: dois saquinhos de papel branco, um contendo a importância de R$ 298,00 e o outro contendo a importância de R$ 150,00, ambos em dinheiro, notas com valores diversas.

No quarto do casal, sobre a cama, foi encontrado um aparelho de telefone celular da marca Samnsung Galax J-4, cor cinza, guarnecido com chip, pertencente ao investigado.

Em razão de tais fatos, não havendo qualquer dúvida de que eles estavam praticando a venda de drogas, mesmo porque vinham sendo investigados anteriormente, os policiais deram voz de prisão a ambos e os conduziram à CPJ, onde os mesmos foram autuados em flagrante por tráfico.

MAIS UM FLAGRANTE

Nesta terça-feira (26), no período da manhã, havendo informações de que na Rua Salvador Salgueiro, Via Barros, Zona Norte de Marília, conhecido como “ponto do bairro vermelho”, estava ocorrendo o tráfico de entorpecentes, policiais da DISE foram para o local e, de um ponto estratégico, através de campanas, passaram a monitorar e logo notaram a presença de um rapaz moreno que trajava camiseta cavada, cor clara, e bermuda colorida, o qual aparentava estar praticando o trafico.

Durante algum tempo de trabalho os policiais viram quando o rapaz de 22 anos realizou a venda para duas pessoas, primeiro para um rapaz que chegou em uma motocicleta de cor vermelha e após para outro que chegou de bicicleta, os quais, após a aquisição, tomaram rumos diferentes, não sendo abordados para não prejudicar o objetivo da ação policial que visava a prisão do traficante., tendo em vista que tal medida levantaria suspeitas imediatamente.

Os policiais observaram que as porções de droga que ele entregou aos clientes foram retiradas do bolso do shorts. Diante da certeza de que o mesmo estava praticando o tráfico, por volta das 12 horas, os policiais realizaram a abordagem, sendo que na oportunidade o mesmo estava sentado e não esboçou qualquer reação de fuga, apenas soltou ao solo quatro porções de crack envoltas em plástico transparente, tipo colarzinho, as quais estavam em sua mão, o qual foi submetido a revista pessoal e nada mais encontrado em seu poder.

Questionado, o indiciado disse aos policiais que havia deixado mais duas “mucas” da referida substância escondidas em um matagal próximo ao local onde ele estava, cerca de cinco metros, inclusive indicou a eles a localidade. Durante diligências no local indicado os policiais encontraram apenas uma “muca”, a qual estava sob os entulhos e continha 50 pedras de crack, devidamente embaladas de forma idênticas as encontradas com ele.

Diante de tais provas, estando determinada a autoria e materialidade do crime de tráfico de drogas, foi dada voz de prisão ao rapaz, o qual foi conduzido à CPJ e autuado em flagrante.







135 visualizações0 comentário