top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Docentes da Unimar estão em destaque no ranking dos pesquisadores mais influentes do mundo


A Universidade de Marília (Unimar) possui mais de 30 docentes que conquistaram um lugar entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo. O número é maior que o do ano passado, em que 19 pesquisadores foram listados. Esse ranking internacional, que abrange apenas 2% dos pesquisadores globais, é resultado da análise realizada pela Universidade de Stanford em colaboração com a Editora Elsevier BV, com o objetivo de identificar e reconhecer os pesquisadores que têm um impacto significativo em suas respectivas áreas de pesquisa.

De acordo com a Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, o reconhecimento dos pesquisadores é motivo de muito orgulho. “Na Unimar, acreditamos que a pesquisa é a chave para o progresso, a inovação e o avanço do conhecimento, por isso, investimos na pesquisa, ciência, desenvolvimento e tecnologia. Gostaria de parabenizar os nossos docentes, esses profissionais não apenas nos representam, mas também são parte fundamental do nosso compromisso com o avanço do conhecimento e excelência acadêmica. Parabéns a todos os pesquisadores da Unimar!”, celebra.

A Pró-reitora destaca que a Política de Incentivo à Publicação da Unimar tem crescido a cada ano, levando o conhecimento e a pesquisa desenvolvidos na Universidade de Marília para toda a comunidade nacional e internacional.

O Ranking dos Pesquisadores mais influentes do mundo é o resultado de estudo fundamentado nas citações da base de informações Scopus, que é um banco de dados de resumos e citações de artigos para jornais e revistas acadêmicas, considerando métricas com e sem autocitação, sendo possível identificar o trabalho por outros pesquisadores, não apenas pelo próprio autor.

Os cientistas são classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos. Os percentuais específicos de campo e subcampo também são fornecidos para todos os cientistas que publicaram pelo menos cinco artigos. Esse ano, a Unimar aumentou o número de profissionais citados no estudo, entre eles: Prof. Dra. Sandra Maria Barbalho, Prof. Dr. Jefferson Aparecido Dias, Profa. Dra. Elen Landgraf Guiguer, Prof. Dr. Raul José Silva Girio, Prof. Dr. Adriano Cressoni Araújo; Profa. Dra. Patrícia Cincotto dos Santos Bueno, Profa. Dra. Cláudia Rucco Penteado Detregiachi, Prof. Dr. Marcelo Dib Bechara, Profa. Dra. Leila Maria Guissoni Campos, Profa. Dra. Mariana Santiago, Prof. Dr. Eduardo Frederighi Baisi Chagas, Profa. Dra. Maricelma Silva Souza, Prof. Dr. Caio Saraiva Coneglian, Prof. Dr. Lucas Aparecido Gaion, Prof. Dr. Carlos Francisco Bitencourt Jorge, Profa. Dra. Eliana de Souza Bastos Mazuqueli Pereira, Prof. Dr. Paulo Cezar Novais, Prof. Dr. Emerson Ademir Borges de Oliveira, Prof. Dr. Jonathan Barros Vita, Profa. Dra. Walkiria Martinez Heinrich Ferrer, Profa. Dra. Cláudia Sampaio Fonseca Repetti, Prof. Dr. Ewerton Ricardo Messias, Profa. Dra. Marisa Rossignoli, Profa. Dra. Letícia Foratto, Profa. Dra. Letícia Peternelli da Silva, Prof. Dr. Irajá Gouvêa, Prof. Ms. Paulo Pardo, Dr. Roberto Tussi Jr., entre outros.

A pesquisadora com maior pontuação, entre os docentes da Unimar, com pesquisas na categoria Interdisciplinaridade entre doenças crônicas degenerativas, alimentos funcionais e plantas medicinais é a docente Sandra Maria Barbalho. Ela conta que ser citada neste seleto grupo de pesquisadores é uma honra. “Esse resultado mostra que nós pesquisadores da Unimar somos muito competitivos e páreos com centros fortes de pesquisa. Graças à Unimar, temos a chance de alcançar patamares tão altos. Sou muito grata à Universidade e aos colegas de pesquisa, afinal, sem eles, nada disso seria possível”, destaca.

O docente e procurador da república, Jefferson Aparecido Dias, com pesquisas na área de Direito Constitucional Econômico e Direitos Humanos, fala sobre o resultado. “Constar de um ranking permite-nos verificar a relevância do que se está pesquisando e produzindo a partir destas pesquisas, tendo em vista o objetivo de colaborar na construção de um mundo melhor! Além disso, alegra-me ver que o rol de pesquisadores da Unimar no ranking cresce a cada ano!”, conta.

Para a pesquisadora Elen Landgraf Guiguer, é uma honra fazer parte da família Unimar. “Sou profundamente grata à Universidade de Marília, que tornou possível a mim e aos meus colegas alcançar essa conquista. A presença de pesquisadores neste ranking de prestígio reforça o papel da Unimar no cenário científico, enfatiza o comprometimento da instituição com a pesquisa e realça a relevância dos trabalhos desenvolvidos por nossa equipe”, destaca.

O docente Adriano Araújo destaca a alegria desse resultado. “A presença de diversos pesquisadores em um importante ranking demonstra a qualidade do trabalho desenvolvido e coloca a Unimar em destaque no cenário acadêmico. Demonstra o compromisso com a inovação, avanço do conhecimento e o trabalho de excelência que os docentes vem realizando com o valioso apoio da instituição. Agradeço a Unimar pela oportunidade e aos colegas pela parceria, é um privilégio fazer parte desse grupo”, diz.

O Reitor da Universidade de Marília, Dr. Márcio Mesquita Serva destaca o impacto de um corpo docente de excelência. “Na Universidade de Marília, estamos orgulhosos de ver nossos docentes reconhecidos como líderes em suas áreas, demonstrando nossa dedicação contínua à pesquisa e à educação. Este é um reconhecimento do nosso compromisso, que continuará a ser uma prioridade", finaliza.



42 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page