Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Docentes da Unimar estão no ranking dos pesquisadores mais influentes do mundo


A Universidade de Marília (Unimar) possui dezenove docentes citados na lista dos 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo, que representa 2% dos cientistas mais citados em cada área científica. O levantamento realizado pela Universidade de Stanford em parceria com a Editora Elsevier BV, mostra quais são os pesquisadores que mais se destacam em suas categorias.

De acordo com a Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Ação Comunitária da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, o reconhecimento dos pesquisadores é motivo de muito orgulho. “A mantenedora da Unimar tem feito importantes investimentos na pesquisa, ciência, desenvolvimento e tecnologia do país e valorizar o corpo docente é um propósito da Instituição. Aproveito para parabenizar os professores Sandra, Daniel, Elen, Raul, Daniela, Patrícia, Adriano, Heron, Leila, Maricelma, Cláudia, Jefferson, Mariana, Lucas, Eduardo, Paulo, Caio, Carlos e Emerson. Estes professores nos representam”, destaca.

O estudo foi fundamentado nas citações da base de dados Scopus, que é uma banco de dados de resumos e citações de artigos para jornais e revistas acadêmicas. Uma característica desse ranking é que ele considera métricas com e sem autocitação, sendo possível identificar a citação do trabalho por outros pesquisadores, não apenas pelo próprio autor. Os cientistas são classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos. Os percentis específicos de campo e subcampo também são fornecidos para todos os cientistas que publicaram pelo menos cinco artigos.

O estudo cita dezenove docentes da Unimar, são eles:

1 - Sandra Maria Barbalho

2 - Daniel de Bortoli Teixeira

3 - Elen Landgraf Guiguer

4 - Raul José Silva Girio

5 - Daniela Vieira Buchaim 6 - Patrícia Cincotto dos Santos Bueno

7 - Adriano Cressoni Araújo

8 - Heron Fernando de Sousa Gonzaga

9 - Leila Maria Guissoni Campos

10 - Maricelma Silva Souza

11 - Cláudia Rucco Penteado Detregiachi

12 - Jefferson Aparecido Dias

13 - Mariana Santiago

14 - Lucas Aparecido Gaion

15 - Eduardo Frederighi Baisi Chagas

16 - Paulo Cezar Novais

17 - Caio Saraiva Coneglian

18 - Carlos Francisco Bitencourt Jorge

19 - Emerson Ademir Borges de Oliveira

A docente Sandra Maria Barbalho é a pesquisadora com maior pontuação, entre os docentes da Unimar, com pesquisas na categoria Interdisciplinaridade entre doenças crônicas degenerativas, alimentos funcionais e plantas medicinais. Para ela, estar no topo do ranking de pesquisadores da Unimar é um privilégio. “Visto que convivo diariamente com pesquisadores do mais alto gabarito e rigor científico, ser listada em um ranking que mapeia os melhores pesquisadores do mundo é um prazer enorme, uma vez que nós brasileiro,s somos pouco valorizados na Ciência. Para mim é uma alegria e satisfação pessoal que nunca seria atingida se não fosse o apoio da Universidade de Marília e de seus dirigentes”, diz.

Para o docente e procurador da república, Jefferson Aparecido Dias, que está na lista com pesquisas na área de Direito Constitucional Econômico e Direitos Humanos, constar do referido ranking é motivo de muita alegria. “Em especial porque estou acompanhado de vários professores da Unimar! Estar na lista traz uma sensação de dever cumprido e é uma grande motivação para o seguimento das pesquisas. Além disso, serve de aprendizado, pois o ranking evidencia que não se pode produzir conhecimento sozinho. Deve-se atuar em rede e de forma conjunta, em parcerias!”, celebra.

Na categoria Gamificação, Competência Informacional, Gestão da Informação, Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva, o docente Carlos Francisco Bitencourt Jorge se destaca. Ele conta como sente-se honrado por integrar o ranking. “É um reconhecimento, porque trabalhamos de maneira séria. Nos envolvemos em pesquisas em que devolvemos para a comunidade, que é o mais importante, para as empresas e indústrias. Figurar neste rol dos 2% mais importantes do mundo é algo maravilhoso, que solidifica um trabalho e uma construção de anos. É importante ressaltar que nesta listagem é uma definição objetiva que fala sobre o fator de impacto, número de citações, número de artigos realizados pelos pesquisadores e isso, de fato, é um reconhecimento importante. Estar nestes 2% é maravilhoso”, destaca.


FRASES DOS PESQUISADORES - RANKING MUNDIAL 2022


Emerson: "Foi imensa a satisfação e surpresa ver meu nome no ranking mundial de pesquisadores. Sempre defendi que a ciência vale a pena e, no meu caso, fiz dela uma opção e direcionamento de vida. Atingir tais resultados é a coroação de todo esse esforço".


Daniel: "Fiquei muito contente ao ver meu nome em destaque no meio de tantos pesquisadores de excelência. O resultado deixa evidente a busca incessante por profissionais de excelência da Unimar, além dos resultados expressivos alcançados por meio da sua política de incentivo à pesquisa, produção de conhecimento e devolução à sociedade".


Adriano e Elen: "Ficamos muito felizes. A presença de diversos docentes da Unimar no ranking é resultado de anos de um trabalho conjunto do time de pesquisadores da Unimar, aliado ao apoio inesgotável da Pró- Reitoria de Pós-Graduação, em especial da Profa. Fernanda Mesquita Serva".


Raul: "Muito feliz e grato por fazer parte de um grupo muito engajado em produzir pesquisas de ponta".


Daniella: "É um orgulho imenso fazer parte do ranking, pois me considero uma jovem pesquisadora. Sinto uma alegria imensa ao ver as pesquisas do nosso grupo em revistas de alto impacto na comunidade científica e isso se deve a confiança, apoio e incentivo da Reitoria da UNIMAR"


Patrícia: "Para mim fazer parte deste ranking é a concretização de um sonho! Profissionalmente, é o reconhecimento de um trabalho feito a vida inteira com muito empenho e pessoalmente, poder fazer o que gosta e ainda ser reconhecida por isso não tem preço".


Heron: "Ser citado foi inesperado. Apareço no ranking junto a outros pesquisadores da Universidade de Marília e considerando que minha atividade profissional hoje é predominantemente como médico, professor e gestor, surpreendi-me estando no ranking".


Leila: "Considero esse resultado muito importante e, espero, que isso sirva de inspiração para outras mulheres realizarem o sonho de ter uma profissão científica e serem protagonistas na ciência".


Cláudia: "Ao saber que meu nome constava no ranking, foi uma surpresa. Embora haja dedicação à pesquisa, isso é feito por prazer, sem necessariamente buscar essa colocação. Porém, a surpresa veio acompanhada de felicidade e prazer. É um reconhecimento à dedicação, disciplina e comprometimento".


Mariana: "Estou feliz com o resultado e grata pela autonomia de trabalho que tenho na Unimar. Esse resultado só é possível num contexto de autonomia".


Lucas: "Primeiramente, é uma surpresa e uma grande alegria estar ranqueado entre os pesquisadores mais influentes do mundo. Isto nos motiva a continuar se dedicando e trabalhando arduamente em prol da ciência".


Eduardo: "Eu, como pesquisador, me esforço para produzir conhecimento que possa repercutir na melhoria da qualidade de vida das pessoas e promover a formação de profissionais com o mesmo comprometimento. Sou grato pela oportunidade de representar a Unimar na comunidade científica mundial".


Paulo: "Meu sentimento é de gratidão e realização profissional, pelo reconhecimento de anos dedicados à pesquisa em oncologia molecular. E saber que essas pesquisas contribuem no tratamento a nível mundial, não tem preço; porque a medicina translacional, área em que atuo, tem possibilitado esta realidade".


Caio: "É uma honra estar em um dos principais rankings de pesquisadores do mundo, e de alguma forma, demonstra todo o apoio e a valorização que a Unimar dá para que os docentes realizem as suas pesquisas e tenha publicações nos principais periódicos do mundo".

64 visualizações0 comentário