Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Donos atiçam pitbull contra policiais durante ação em residência e animal acaba morto a tiros


Um cão da raça pitbull acabou morto a tiros por policiais civis durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência em Paraguaçu Paulista (79 quilômetros de Marília). Donos atiçaram o animal contra os policiais.

Conforme a ocorrência, policiais civis realizavam buscas na casa da namorada do investigado, de 23 anos, quando foi abordado pelos policiais. Após apresentar resistência inicial, o jovem tentou fugir, mas foi parado ainda na rua por um dos investigadores. De acordo com o delegado Tiago Bérgamo Martins, o suspeito estava bastante alterado e teria descartado uma pedra de crack durante a tentativa de fuga. O pai do suspeito, de 60 anos, e a irmã, de 20 anos, chegaram ao local da abordagem policial acompanhados de um cachorro pitbull. De acordo com o BO, o pai teria atiçado o cachorro a atacar os policiais. Neste momento, um dos investigadores, que teve ferimentos nos braços e na costela, teria atirado contra o cachorro, que morreu no local. A perícia vai apurar quantos disparos foram feitos contra o animal. Com a confusão, os três familiares foram presos. O investigado por tráfico de drogas e resistência. O seu pai por resistência e lesão corporal por ter usado o cachorro como meio de ataque, e a irmã foi presa por desacato. Os dois últimos pagaram fiança e foram soltos.


180 visualizações0 comentário