top of page
Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Dr. Nechar apresenta ficha de filiação no PSB, critica opositores e diz que está tranquilo


"Estou tranquilo, tenho meu trabalho, meus compromissos e sigo em paz". A afirmação é do atual secretário municipal da Saúde, dr. Sérgio Nechar, sobre publicações em redes sociais que ele não poderá assumir a vaga do vereador Ivan Negão (que faleceu hoje) na Câmara Municipal por não estar filiado ao PSB, partido pelo qual foi eleito primeiro suplente, em 2020.

"Logo após as eleições de 2020, fiquei muito decepcionado porque os Camarinhas, mais uma vez, prometeram, mas não me deram nenhum apoio na campanha. Naquela época eu estava atravessando uma situação muito difícil e realmente fiquei sem condições de tocar a campanha financeiramente e não moveram uma palha pra me ajudar. Daí, decidi me afastar. Mas, o Caio França, o Márcio França, que são amicíssimos meus, pediram para eu voltar", explicou Nechar ao JORNAL DO POVO.

"Estou devidamente filiado ao PSB e agora vem essa cambada de canalhas, golpistas querendo desabonar minha pessoa, desqualificar o meu trabalho. Quem é essa gente para querer impedir minha posse? Conheço bem isso aí e estou tranquilo, sem desespero por mandato. Fui deputado federal, já tive mais de 54 mil votos, tenho uma história de respeito da população e consideração de amigos que me permitem servir Marília como secretário da Saúde, uma área extremamente difícil, ou qualquer outro cargo, eletivo ou não", afirmou Nechar.

Ele disse que recebeu a notícia da morte de Ivan Negão quando estava na estrada, em viagem a São Paulo. "Fiquei muito triste e preocupado com a família do Ivan, o sofrimento de seus familiares".

Diploma de primeiro suplente de vereador expedido pela Justiça Eleitoral ao dr. Nechar




616 visualizações0 comentário
bottom of page