Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

"Drogas, pinga e mulher". Motivos alegados pelo homem que matou duas pessoas a facadas e feriu outra



"Drogas, pinga e mulher". Esses foram os motivos que levaram L.A.G (só as iniciais foram divulgadas pela Polícia) de 30 anos, a esfaquear três pessoas e matar duas delas na noite deste domingo (21) em Lençóis Paulista. Ele fez o relato durante interrogatório.

O assassino esfaqueou um homem de 35 anos no bairro Primavera, onde mora. Depois, seguiu para um posto de combustíveis na Avenida Papa João Paulo II, onde anunciou um assalto e esfaqueou o frentista. No banheiro do posto, a PM disse que ele também deu golpes de faca em um caminhoneiro de 61 anos. O homem de 34 anos e o motorista não resistiram aos ferimentos e morreram. Segundo o BO, o suspeito também foi agredido por moradores antes da chegada da polícia. De acordo com o delegado Renzo Santi Barban, o suspeito contou à polícia que matou o homem no bairro Primavera porque já tinha desavenças por causa de "drogas, pinga e mulher". Já no caso do motorista do caminhão, o homem disse aos policiais que teve uma discussão com ele enquanto estava urinando e, por isso, cometeu o crime. Em relação à tentativa de assalto ao posto de combustíveis e às agressões ao frentista, o homem contou aos policiais que não se lembra da ação. Ainda de acordo com o delegado, o suspeito disse que tinha ingerido bebida alcoólica e fumado maconha antes do crime. Ele será indiciado por dois homicídios qualificados e tentativa de latrocínio. O homem de 30 anos teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e foi levado à cadeia de Avaí. A faca utilizada por ele ainda não foi localizada.



89 visualizações0 comentário