Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Eleitor mariliense aponta "falha" no aplicativo Pardal e "blindagem" à esquerda. Justiça explica


O eleitor mariliense Carlos Rapini, consultor de empresas, gravou um vídeo mostrando que o aplicativo Pardal, criado pela Justiça Eleitoral para receber denúncias, não disponibiliza a opção PT (Partido dos Trabalhadores) no campo de pesquisa por partidos alvos de denúncias.

Rapini mostra indignação ao acessar o aplicativo e considera "algumas falhas" por não encontrar a legenda do PT, caso realmente fosse postar alguma denúncia no aplicativo. Ele aponta "blindagem" do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aos partidos de esquerda. Eleitores de diversas regiões do Brasil também questionaram a situação.

EXPLICAÇÕES OFICIAIS

A Justiça Eleitoral postou um texto em seu site oficial onde explica esta situação.

"Um texto publicado em um site de notícias afirma que o aplicativo Pardal, da Justiça Eleitoral, estaria programado para proteger partidos de esquerda. Segundo o conteúdo, o app criado para receber denúncias com indícios de irregularidades durante as Eleições Gerais de 2022 não permitiria que eleitores enviassem queixas referentes a quatro agremiações partidárias: Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e Rede Sustentabilidade (Rede).

A notícia ainda reproduz prints do aplicativo que supostamente demonstrariam o impedimento do eleitorado em reportar condutas erradas cometidas pelas legendas. Mas será que esse conteúdo tem algum fundamento? Confira no esclarecimento abaixo.

FATO OU BOATO?

Apesar de parecer séria e bem embasada, a matéria propaga informações errôneas sobre o funcionamento do aplicativo. É possível, sim, denunciar eventuais irregularidades cometidas por essas quatro siglas e por todas as outras que têm os estatutos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ocorre que, desde o dia 24 de maio de 2022, o PT, o PCdoB e o Partido Verde (PV) fazem parte da Federação Brasil da Esperança (FE Brasil). O instituto da federação é uma aliança de abrangência nacional entre as agremiações com duração de pelo menos quatro anos. Na prática, as legendas federadas atuam como um só partido no período em que a união estiver vigente.

Confira as federações registradas no TSE.

Veja o esclarecimento em vídeo publicado no canal do TSE no YouTube.

Denúncias devem ser feitas em nome da federação

Como as siglas federadas ficam impossibilitadas de concorrer isoladamente, os atos realizados durante as eleições são de responsabilidade da federação. Ou seja, eventuais denúncias que envolvam os partidos envolvidos nessa aliança devem ser feitas em nome da federação, e não da legenda isolada, como propôs o autor do texto enganoso.

Vale lembrar que, assim como o PT, o PCdoB, o Psol e a Rede, outras agremiações, como o Partido Verde (PV), o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e o Cidadania, também não estão listadas isoladamente porque integram federações.

Entenda as diferenças entre federações e coligações.

SAIBA MAIS SOBRE O APLICATIVO

O Pardal é um aplicativo de fácil acesso oferecido gratuitamente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que qualquer cidadão possa enviar denúncias sobre diversos tipos de irregularidades durante as campanhas eleitorais espalhadas por todo o país.

O app está apto a receber as seguintes denúncias: compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e propagandas irregulares. O órgão responsável pela apuração dos relatos é o Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral).

Baixe o Pardal nas lojas virtuais Google Play e App Store e veja como denunciar irregularidades pelo aplicativo.




304 visualizações0 comentário